Participamos do

Ciro x Dilma: entenda briga no Twitter hoje, 13, sobre impeachment e Lula

Dilma Rousseff (PT) e o Ciro Gomes (PDT) trocaram farpas no Twitter durante o dia de hoje, quarta-feira, 13 de outubro (13/10). O pedetista acusou Lula de envolvimento no impeachment da ex-presidenta
18:37 | Out. 13, 2021
Autor Mateus Brisa
Foto do autor
Mateus Brisa Estagiário
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) trocaram farpas no Twitter no dia de hoje, quarta-feira, 13 de outubro (13/10). O pedetista acusou o ex-presidente Lula (PT) de envolvimento no impeachment de Dilma, enquanto a mineira chamou o colega de atuação de 'descarado' e 'misógino'.

Ciro fala em conspiração de Lula por impeachment de Dilma

Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo nesta quarta, Ciro disse que Lula 'conspirou' pelo impeachment de Dilma, em 2016. Como comprovação, ele pontuou as recentes ligações de Lula com líderes do MDB, um dos partidos mais beneficiados com a destituição da petista. O paulista radicado no Ceará apontou o senador Renan Calheiros (MDB-AL) e o ex-senador Eunício Oliveira (MDB-CE) como contatos atuais de Lula.

“Eu atuei contra o impeachment, e quem fez o golpe foi o Senado Federal. Quem presidiu o Senado? Renan Calheiros. Quem liderou o MDB nessa investida? O Eunício Oliveira. Com quem o Lula está hoje?”, questionou Ciro durante a entrevista. E complementou: “Hoje, eu estou seguro de que o Lula conspirou pelo impeachment da Dilma, estou seguro”.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Ciro também associou Lula ao impulsionamento de Jair Bolsonaro (sem partido) na corrida presencial de 2018. Em suas palavras, Dilma “destruiu a economia brasileira” como “ninguém no passado histórico brasileiro”.

“Jamais acreditei que Bolsonaro teria qualquer chance, a mais remota possível, e eu mordi a língua porque eu conhecia de perto o Bolsonaro. Eu não sabia que ele utilizaria de estrangeirismos aos montes, com orientação dessa gente do Trump que desceu aqui, e faria esse processo de internet, que nós também não conhecíamos no Brasil”, declarou.

Ainda, Ciro afirmou não se relacionar mais com o que ele chamou de “lulopetismo”. “[Minha relação é] absolutamente inconciliável com o PT. Com o lulopetismo corrompido e neoliberal tosco, a minha relação está definitivamente encerrada”, disse.

Dilma responde Ciro no Twitter

Após a publicação da entrevista com Ciro, Dilma se voltou ao Twitter para responder às acusações feitas pelo pedetista. Ela atribuiu as declarações de Ciro ao seu baixo desempenho nas urnas eleitorais.

“Ciro Gomes está tentando de todas as formas reagir à sua baixa aprovação popular. Mais uma vez mente de maneira descarada, mergulhando no fundo do poço. O problema, para ele, é que usa este método há muito tempo e continua há quase uma década com apenas 1 dígito nas pesquisas”, escreveu.

Ciro também aparece no Twitter e briga com Dilma se estende

Também no Twitter, Ciro respondeu às ponderações de Dilma. Ele afirmou nunca ter mentido, mas sim “errado algumas vezes”. “Uma delas quando lutei contra o impeachment de uma das pessoas mais incompetentes, inapetentes e presunçosas que já passaram pela presidência. Claro, que estou falando de você, Dilma”, escreveu, iniciando uma série de tweets.

Ele explicou que, em 2016, não defendia a gestão de Rousseff, e sim a integridade da Presidência, que ela “toscamente ocupava”. “Se hoje você prefere estar ao lado dos que a traíram, obrigado por me poupar da sua incômoda companhia”, complementou.

Ciro reforça conspiração de Lula no impeachment de Dilma

Ciro continuou sua argumentação sobre a participação de Lula no impeachment. “Continuo achando que Lula não foi apenas um dos maiores responsáveis por sua desestabilização – pois passou anos falando mal de você durante seus governos – como também fez movimentos erráticos que resultaram em sua queda”, escreveu.

“Quem sabe, ele estava retribuindo seu gesto de não aceitá-lo candidato (Ingratidão? Chantagem?). No fundo, vocês dois se merecem. Mas o Brasil merece pessoas melhores que vocês. Guarde suas ofensas e diatribes para quem possa ter medo de você”, finalizou ele.

'Sua visão é profundamente misógina', diz Dilma sobre Ciro

Em resposta ao ex-governador do Ceará, Dilma também publicou uma série de tweets. Ela iniciou suas declarações afirmando que “quando se trata de mulher, sua visão não é só inadequada, é também profundamente misógina”. “Só Ciro Gomes é competente. Este é o pecado de sua enorme presunção”.

Na análise de Dilma, o pedetista diz ter defendido a democracia, embora continue utilizando argumentos “dos golpistas que diz ter combatido”. “Para além disso, Ciro sistematicamente distorce os fatos. E, nisso, não se difere em nada de Bolsonaro. Ambos adoram quando os alvos de suas agressões reagem. Precisam disso para obter likes e espaço na mídia. É disso que se alimentam”, continuou a ex-presidente.

“Infelizmente para Ciro, encerro esta polêmica estéril por aqui. O Brasil precisa é discutir a gravíssima crise democrática, social, sanitária e econômica em que se encontra”, disse Dilma. “Lamento ter, em algum momento, dado a Ciro Gomes a minha amizade”, finalizou.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags