Participamos do

"Lula conspirou pelo impeachment de Dilma", afirma Ciro Gomes

O pedetista disse que não se vê como um presidenciável da "terceira via" e que sua relação com o PT é "absolutamente inconciliável"
12:42 | Out. 13, 2021
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Repórter Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O ex-ministro e presidenciável, Ciro Gomes (PDT) afirmou, em entrevista ao O Estado de S.Paulo, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) conspirou a favor do impeachment de Dilma Rousseff (PT). Segundo o pedetista, o adversário do PT está fazendo alianças com os responsáveis pela saída da ex-presidente do poder.

“Estou seguro que o Lula conspirou pelo impeachment da Dilma. Estou seguro disso por tudo que eu tinha visto lá dentro nas tratativas para impedir o impeachment e eu não compreendia”, afirmou Ciro.

Para o pedetista, Lula foi o responsável por impulsionar Jair Bolsonaro (sem partido) na corrida presidencial de 2018 ao apoiar Dilma como sua sucessora. Segundo Ciro, a ex-presidente “destruiu a economia brasileira” como “ninguém no passado histórico brasileiro”.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

“Jamais acreditei que Bolsonaro teria qualquer chance, a mais remota possível e eu mordi a língua porque eu conhecia de perto o Bolsonaro. Eu não sabia que ele utilizaria de estrangeirismo aos montes com orientação dessa gente do Trump que desceu aqui, e fazer esse processo de internet que nós também não conhecíamos no Brasil”, disse o ex-ministro. 

Sobre as eleições de 2022, Ciro diz que não se vê como um presidenciável da "terceira via". O termo é usado aos candidatos que tentam se desvincular de Lula e Bolsonaro. Os dois lideram a disputa eleitoral do ano que vem, segundo as últimas pesquisas. Ciro garantiu ainda que sua relação com o PT é "absolutamente inconciliável".

“[Minha relação é] absolutamente inconciliável com o PT. Com o lulapetismo corrompido e neoliberal tosco, a minha relação está definitivamente encerrada”, afirmou o pré-candidato do PDT. 




Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags