PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Europa, lua de Júpiter, pode ter vulcões oceânicos e abrigar vida

Cientistas da Nasa combinaram pesquisas espaciais com simulações de computador e concluíram que Europa teve "atividade vulcânica recente"; lua de Júpiter pode ter oceano que cobre o satélite inteiro

Bemfica de Oliva
23:55 | 27/05/2021
Lua de Júpiter, Europa é coberta por uma camada de gelo em toda sua superfície, e estima-se que exista um oceano abaixo que percorre o satélite inteiro; cientistas descobriram que pode haver vulcões sob a água (Foto: Marty Valenti/Nasa)
Lua de Júpiter, Europa é coberta por uma camada de gelo em toda sua superfície, e estima-se que exista um oceano abaixo que percorre o satélite inteiro; cientistas descobriram que pode haver vulcões sob a água (Foto: Marty Valenti/Nasa)

Uma pesquisa publicada por cientistas da Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) indica que uma das luas de Júpiter, Europa, pode ter vulcões oceânicos. O estudo foi publicado na revista científica Gephysical Research Letters em dezembro de 2020, e divulgado pela Agência na terça-feira, 25.

LEIA TAMBÉM | Cientistas acham galáxia "gêmea" da Via Láctea a 320 milhões de anos-luz

Os pesquisadores usaram dados de observação astronômica e simulações de computador e chegaram à conclusão que Europa teve "atividade vulcânica recente", que pode ainda estar acontecendo. O satélite é o local mais próximo, no espaço, onde cientistas imaginam que pode haver sinais de vida.

Essa hipótese leva em conta a possibilidade, amplamente aceita na área, de que Europa teria um oceano que cobriria toda a sua extensão. Esse oceano é coberto por uma camada de gelo que também percorre toda a superfície do planeta.

Para ter uma temperatura capaz de abrigar vida, essa massa de água precisaria ser aquecida. Os cientistas imaginavam, anteriormente, que isso pudesse acontecer pelo solo. No entanto, novos dados indicam a possibilidade de que existam vulcões no satélite.

LEIA TEMBÉM | Superlua decora céu na noite desta quarta, 26; confira fotos

Discovery vai levar uma pessoa ao espaço em novo reality

Vida em Marte? Robô Perseverance, da Nasa, não achou fungos no planeta

Vulcões oceânicos ampliam a possibilidade de vida em Europa

Vulcões em oceanos não são incomuns, ocorrendo com frequência na Terra. Próximos a eles, muitas vezes, ocorrem fontes de água termal, os chamados gêiseres. A vida na Terra começou justamente nas fendas microscópicas que a água dos gêiseres deixa na rocha.

Portanto, caso a descoberta se confirme, as implicações para a possibilidade de existência de vida em Europa são grandes. Para colher mais informações, a Nasa planeja enviar uma sonda ao satélite de Júpiter em 2024, na missão Europa Clipper.

Mais sobre astronomia