Agefis confiscou 24 paredões de som no Carnaval em Fortaleza

Mais de 300 agentes estiveram a frente das operações de controle no Carnaval 2024

Durante o Carnaval de Fortaleza 2024, foram confiscadas 24 paredões de som, que são proibidos por lei na Capital. 

A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) registrou 43 documentos fiscais, entre autos e notificações por poluição sonora, ao comércio ambulante não autorizado e ao descumprimento das orientações das Secretarias Regionais. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A superintendente da Agefis, Laura Jucá, destacou que a agência trabalhou para o ordenamento do comércio ambulante durante a festa e impedir práticas inadequadas.

“Isso visou evitar que o sossego da população fosse interrompido pelos paredões de som, aplicando medidas administrativas para garantir o cumprimento das normas conforme nosso Código da Cidade", comentou.

No Carnaval, mais de 300 agentes atuaram no controle urbano e na organização dos polos oficiais do Carnaval de Fortaleza, onde durante quatro dias foram palco de eventos de massa.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

carnaval 2024 operaçao de carnaval fiscalizaçao carnaval 2024

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar