Participamos do

Petrobras aumenta litro do diesel em R$ 0,36 a partir de amanhã, 10

Com aumento, o preço médio do litro do diesel passará de R$ 4,51 para R$ 4,91 no Brasil
11:15 | Mai. 09, 2022
Autor Alan Magno
Foto do autor
Alan Magno Estagiário de jornalismo
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O litro do diesel aumentará R$ 0,36 a partir de amanhã, terça-feira, 10 de maio, em todo o País. O reajuste foi anunciado pela Petrobras na manhã desta segunda-feira, 9 de maio, após 60 dias sem reajustes nas refinarias. Com o novo aumento, o preço do combustível passará de R$ 4,51 para R$ 4,91 em média.

Conforme o mais recente levantamento da Agência Nacional do Petróleo (ANP), divulgado na noite de sexta-feira, 6 de maio, o litro do combustível é vendido com valores entre R$ 5,49 e R$ 8,38 para o consumidor final.

Não há qualquer menção de reajustes nos preços da gasolina comum ou do gás liquefeito de petróleo (GLP), o gás de cozinha, por parte da Petrobras no comunicado sobre o Diesel, assim, por enquanto, os preços destes combustíveis devem permanecer estáveis.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Com esse movimento, a Petrobras segue outros fornecedores de combustíveis no Brasil que já promoveram ajustes nos seus preços de venda acompanhando os preços de mercado", pontua a estatal ao anunciar o reajuste. 

A Petrobras argumenta ainda que p último reajuste no preço do diesel nas refinarias, aplicado em 11 de março, não cobriu integralmente as variações no mercado internacional no referido período. Desde então, os preços se mantiveram estáveis, e com redução para o gás de cozinha. Assim, conforme defende a estatal, se manteve uma defasagem de preços a ser solucionada no aumento anunciado nesta segunda-feira, 9 de maio.

"O balanço global de diesel está impactado por uma redução da oferta frente à demanda. Os estoques globais estão reduzidos e abaixo das mínimas sazonais dos últimos cinco anos nas principais regiões supridoras. Esse desequilíbrio resultou na elevação dos preços de diesel no mundo inteiro, com a valorização deste combustível muito acima da valorização do petróleo. A diferença entre o preço do diesel e o preço do petróleo nunca esteve tão alta", pontua a Petrobras.

A empresa defende que a equiparação de preços do mercado brasileiro com o internacional é uma "condição necessária" para o funcionamento da cadeia produtiva de combustíveis, já que mesmo com as refinarias brasileiras operando com 93% da capacidade, a produção de diesel é insuficiente para abastecer a demanda nacional. Nesse cenário, 30% do diesel consumido no Brasil é importado.

O impacto no consumidor final ainda será majorado por outras bivariáveis da cadeia de produção, distribuição e venda de combustíveis no Brasil, incluindo parcelas da mistura obrigatória de biodiesel, custos e margens de distribuição e revenda, e taxas e impostos.

Confira os preços dos combustíveis no Ceará

Diesel

  • Preço médio: R$ 6,94
  • Preço mínimo: R$ 6,47
  • Preço máximo: R$ 7,38
  • Variação do preço médio em uma semana: -0,46%
  • Aumento acumulado no ano: 20,28%

Gasolina

  • Preço médio: R$ 7,64
  • Preço mínimo: R$ 6,95
  • Preço máximo: R$ 8,20
  • Variação do preço médio em uma semana: 3,31%
  • Aumento acumulado no ano: 15,43%

Etanol

  • Preço médio: R$ 6,52
  • Preço mínimo: R$ 5,80
  • Preço máximo: R$ 7,29
  • Variação do preço médio em uma semana: 7,11%
  • Aumento acumulado no ano: 16,64%

PODCAST VOO 168 BASTIDORES

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar