PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Restaurantes: Abrasel esperava ampliação maior de horário e critica decreto

Presidente da Abrasel destaca que aumento de 25% para 40% da capacidade "significa pouco". Empresários esperavam poder funcionar até as 20 horas na semana e no horário de almoço nos fins de semana

Samuel Pimentel
20:49 | 24/04/2021
Funcionamento dos restaurantes será ampliado de 25% para 40% da capacidade a partir de segunda-feira, 26. O horário de funcionamento permanece inalterado (Foto: JULIO CAESAR)
Funcionamento dos restaurantes será ampliado de 25% para 40% da capacidade a partir de segunda-feira, 26. O horário de funcionamento permanece inalterado (Foto: JULIO CAESAR)

O governador Camilo Santana (PT) anunciou que a partir de segunda-feira, 26, os restaurantes terão a permissão de ampliar a capacidade de atendimento de 25% para 40% nos dias de semana. O horário de funcionamento permanece inalterado e o funcionamento nos fins de semana continua proibido. Mesmo com o relaxamento das restrições, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Ceará (Abrasel-CE) avaliou de maneira negativa o decreto.

LEIA MAIS | Flexibilização avança no Ceará, mas lockdown continua no fim de semana

De acordo com o presidente da Abrasel-CE, Taiene Righetto, o anúncio foi "catastrófico", pois o setor esperava uma flexibilização ainda maior. Ele destaca que ampliação de 25% para 40% "significa pouco" para o setor. Os empresários esperavam poder funcionar até as 20 horas na semana e no horário de almoço nos fins de semana.

"Diria que os empresários entraram num desespero total com essa semana a mais de restrições. Para nós não foi bom, o retorno tem que ser gradativo, mas as restrições para os restaurantes está em vigor desde fevereiro. Vamos ver aqui o que fazer por mais uma semana. Estagnamos, e não vejo motivos para o segmento não ter avançado um pouco mais", afirma.