PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Academias voltam a funcionar com 25% da capacidade a partir da segunda-feira, 26

Academias voltam a funcionar com 25% da capacidade a partir da segunda-feira, 26, das 6 horas às 18 horas, somente com horário marcado. Nos fins de semana permanece o lockdown em que nenhuma atividade econômica não-essencial tem permissão de abrir

Samuel Pimentel
18:38 | 24/04/2021
Em Fortaleza, as academias estão fechadas desde 5 de março. (Foto: Divulgação/AYO Fitness Club)
Em Fortaleza, as academias estão fechadas desde 5 de março. (Foto: Divulgação/AYO Fitness Club)

O governador Camilo Santana (PT) anunciou que as academias voltam a funcionar com 25% da capacidade a partir da segunda-feira, 26, das 6 horas às 18 horas, somente com horário marcado. Nos fins de semana permanece o lockdown em que nenhuma atividade econômica não-essencial tem permissão de abrir. O decreto estadual com as novas normas válidas para todo o Ceará deve ser publicado ainda neste sábado, 24, no Diário Oficial do Estado (DOE).

O atual decreto em vigência foi iniciado no dia 12 de abril e prorrogado no último sábado, 17. As medidas valem até amanhã, 25.

As academias em Fortaleza estão há 51 dias de portas fechadas, em decorrência das restrições impostas pela pandemia de Covid-19. No Interior do Estado, esse período de paralisação é ligeiramente menor, 43 dias.

O comitê tem a participação da presidente do Tribunal de Justiça; presidente da Assembleia Legislativa do Ceará; prefeito de Fortaleza; Ministério Público Estadual e Ministério Público Federal, além dos secretários da Saúde do Estado e do Município, e outros integrantes da equipe.

Desde o último dia 12 de abril, quando começou a vigorar o novo decreto estadual de flexibilização de atividades econômicas, o segmento vive a expectativa de receber a autorização para reabrir, enquanto calcula os prejuízos, incluindo demissões e falências

A confiança de que as empresas de condicionamento físico na Capital poderiam reabrir, pelo menos parcialmente, aumentou após a publicação do decreto municipal n° 14.992, na última quinta-feira, 22, que inclui academias entre as atividades essenciais e prevê um retorno em quatro fases, variando de 20% a 70% de capacidade de funcionamento a ser autorizada, de acordo com a classificação do nível de risco de contaminação por Covid-19 no município.

Confira as regras para funcionamento segundo o decreto de Fortaleza

 

De acordo com o documento, os estabelecimentos autorizados entendidos como prestadores de serviços para a prática da atividade física e do exercício físico são: academias de ginástica, academias de dança, estúdios de musculação, de esporte, de artes marciais e congêneres, de pequeno, médio e grande porte, públicos e privados. Veja regras:

- Aferição de temperatura corporal dos colaboradores e praticantes;

- Uso de máscara e higienização com álcool em gel 70%;

- Atendimento deve ser restrito a horários previamente agendados, visando preservar o distanciamento social;

- Evitar prática esportiva com aglomerações;

- Tempo máximo de permanência dos praticantes a até 1 (uma) hora e 30 (trinta) minutos, para a realização de atividade física;

- Estabelecimento deverá orientar os praticantes sobre as medidas de segurança sanitária nos locais;

- Proibido o compartilhamento de materiais entre praticantes;

- Materiais utilizados para a prática de atividades físicas devem ser obrigatoriamente higienizados pelo praticante, ao início e ao término da atividade

- Permitido o uso de bebedouros apenas para uso exclusivo de reposição de água em garrafinhas individuais;

- Durante os períodos de calamidade a capacidade máxima de utilização das igrejas será de 70% na fase 4 (baixo risco), de 50% na fase 3 (moderado), de 30% na fase 2 (elevado) e de 10% na fase 1 (alto risco).