Participamos do

Forças de segurança do Estado apreenderam 7,2 toneladas de drogas em 2021

Principal droga apreendida foi maconha, com 4,2 toneladas. SSPDS registrou 9.816 ocorrências com apreensões de drogas. Apenas 14 ações resultaram em 4,2 toneladas apreendidas
19:40 | Jan. 10, 2022
Autor Lucas Barbosa
Foto do autor
Lucas Barbosa Repórter do caderno de Cidades
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

As forças de segurança do Estado apreenderam em 2021 mais de 7,2 toneladas de entorpecentes. O balanço foi divulgado nesta segunda-feira, 10, pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Desse total, conforme a SSPDS, 2,3 toneladas eram de cocaína. A apreensão de maconha e de seus derivados ficou em 4,5 toneladas e a de crack, em 316,15 quilos.

O ano de 2021 foi o terceiro melhor em apreensão de drogas da série histórica disponibilizada pela SSPDS. O número ficou abaixo do registrado em 2020, quando 8,3 toneladas de drogas foram apreendidas. Apesar disso, a apreensão de cocaína aumentou cinco vezes. Em 2020, 463,48 quilos de cocaína haviam sido apreendidos. Também a apreensão de crack aumentou em 2021 na comparação com 2020. Foram 95,8 quilos apreendidos em 2020. A maconha representou a maior parte das apreensões naquele ano, com 7.800,5 toneladas apreendidas. 

COCAÍNA foi encontrada após trabalho de inteligência da Polícia Civil(foto: DIVULGAÇÃO SSPDS)

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Os números de apreensão de cocaína foram inflados com aquela que foi a maior apreensão de drogas da série histórica computada pela SSPDS. Em 8 de dezembro, 1.037 quilos de cocaína foram apreendidos em Chaval (Litoral Norte do Estado) em uma ação conjunta da Coordenadoria de Inteligência (Coin/SSPDS), Polícia Militar, Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer/SSPDS) e Polícia Federal.

A ação serviu para fazer com que os números de apreensão de drogas aumentassem em 545,8% em dezembro de 2021 na comparação com dezembro de 2020, destacou a SSPDS. "Enquanto em 2020 foram apreendidos 254,80 quilos de drogas, em 2021 foram 1.645 quilos de drogas recolhidos pelas Forças de Segurança em território cearense".

+ PRF bate recorde de apreensões de cocaína e crack no Ceará

Outras apreensões de grande vulto foram registradas em 2021. Conforme dados da SSPDS, foram 14 as apreensões de drogas no Estado que ultrapassaram a marca dos 100 quilos. Sozinhas, elas representam mais da metade das apreensões de drogas do Estado no ano. São mais de 4,2 toneladas de drogas. Ao todo, a SSPDS registrou 9.816 ocorrências com apreensões de drogas. Dessas, 307 registraram a apreensão de 0,01 grama de drogas.

Somente em 10 dias de setembro, as forças de segurança apreenderam mais de 1,2 tonelada de drogas. Em 11 de setembro, 780,8 quilos em maconha e crack foram apreendidos em um terreno do bairro Parangaba. Dez dias depois, 477,2 quilos de maconha e 8 quilos de crack foram apreendidos em um sítio em Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Relembre as três maiores apreensões de drogas do ano no Estado:

+ Mil quilos de cocaína em Chaval: apreensão é a maior das forças policiais do Ceará

+ Polícia apreende quase 800 kg de drogas em estacionamento desativado na Parangaba

+ Quase meia tonelada de droga é encontrada dentro de imóvel em Pacatuba

As apreensões ocorreram, discorre a SSPDS, tanto através de abordagens e patrulhamentos realizados pelas Polícias do Ceará, quanto por ações de investigações e ações de inteligência. “Temos realizado diversas ações, com policiamento ostensivo e investigação, com o rastreamento de rotas de entrada e de saída de drogas", afirmou, através da SSPDS, o coordenador de inteligência da SSPDS, delegado Nelson Pimentel.

"Além disso, os trabalhos em parceria com a Polícia Federal resultaram nas apreensões de entorpecentes, incluindo a cocaína, e na identificação de qual seria o destino. Para tal, a Coin utiliza as mais diversas técnicas para monitoramento e rastreio”

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags