PUBLICIDADE
Ceará
Noticia

Camilo pede ação rápida da Polícia sobre DI Ivis: "Repugnante e inaceitável"

O prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT) também comentou sobre o caso e pediu um acompanhamento mais próximo, além da prestação de assistência a influencer

10:51 | 12/07/2021
O governador se pronunciou nas redes sociais (Foto: FCO FONTENELE)
O governador se pronunciou nas redes sociais (Foto: FCO FONTENELE)

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT) usou as redes sociais nesta segunda-feira, 12, para se pronunciar sobre o caso das agressões cometidas pelo DJ Ivis contra a esposa, Pamella Holanda. Em comunicado, o gestor pediu uma reposta rápida e efetiva da polícia sobre o caso. Ele informou ainda que a influencer receba apoio e ajuda por meio da Casa da Mulher Brasileira.  

"Repugnante e inaceitável! Que esse caso de Pamella e todos os outros casos de violência contra a mulher, que ocorrem todos os dias, recebam a punição devida, e as vítimas tenham o respeito e acolhimento necessários", disse o governador na mensagem. O chefe do executivo cearense determinou então uma resposta rápida da polícia e a assistência a Pamella. 

LEIA MAIS | Acusado de agredir mulher, DJ Ivis ganha seguidores e revolta internautas

O prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT) também comentou sobre o caso e pediu acompanhamento mais próximo, além da prestação de assistência a influencer. "Violência contra a mulher é inadmissível e se torna ainda mais cruel e repugnante na presença dos filhos. Minha solidariedade à Pamella Holanda e todas as mulheres que lamentavelmente sofrem com a violência doméstica", escreveu o prefeito. O caso deve ser acompanhado pelo secretário de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, Cláudio Pinho.

A influenciadora divulgou no domingo, 11, vídeos em que aparece sendo agredida diversas vezes pelo produtor musical conhecido como DJ Ivis. Ela prestou um boletim de ocorrência e uma medida protetivas foi imposta. Nas redes sociais, o artista se defendeu afirmando ter sido agredido e chantageado por Pamella.