PUBLICIDADE
Vida & Arte
Noticia

Em apoio a Pamella Holanda, artistas se pronunciam sobre caso DJ Ivis

O artista é responsável pelos sucessos "Volta Bebê, Volta Neném", "Esquema Preferido" e "Não Pode se Apaixonar".

10:51 | 12/07/2021
Solange Almeida, Xand Avião e Juliette se pronunciam sobre caso DJ Ivis e Pamella Holanda (Foto: Reprodução/Instagram)
Solange Almeida, Xand Avião e Juliette se pronunciam sobre caso DJ Ivis e Pamella Holanda (Foto: Reprodução/Instagram)

Através das redes sociais, Pamella Holanda publicou vídeos em que aparece sendo agredida fisicamente pelo marido, o DJ Ivis. Segundo o jornal Metrópoles, o casal teria ido em uma delegacia no Eusébio, Ceará, na semana anterior, mas o artista não foi preso. Após os acontecimentos terem sido revelados, artistas e parceiros do DJ se pronunciaram sobre o caso de violência contra a mulher.

Ivis também usou as redes sociais para se defender. "Muitas pessoas vão me julgar, mas eu não suportava mais isso. Eu recebi chantagens de ameaças de morte, ninguém sabe o que é isso que eu passei. Eu não suportava mais isso, vocês não sabem o que é passar por isso", afirmou. No Brasil, a Lei 11.340, conhecida como Lei Maria da Penha, caracteriza e enquadra na lei cinco tipos de violência contra a mulher: física, psicológica, moral, sexual e patrimonial.

Confira artistas que se pronunciaram sobre o caso:

Xandy Avião

O cantor anunciou a demissão do músico da produtora Vybbe, empresa do forrozeiro que até então gerenciava a carreira do DJ Ivis. “Eu não admito nem compactuo com nenhum tipo de violência, ainda mais com uma mulher. Acho que nada explica. Não tem como continuar com ele na nossa empresa”, disse através de um vídeo nas redes sociais. "Já designei minha equipe inteira para falar com a Pamella para ajudar, não só ela como a criança também", garantiu o artista.

Leia também | Após agredir a mulher, DJ Ivis é demitido por Xandy da produtora Vybbe

Solange Almeida

Em vídeo, a cantora falou sobre os principais sinais de violência contra a mulher e alertou sobre a importância de denunciar. “O amor não dói, não oprime, não agride, não te deixa para baixo, nem com marcas psicológicas, muito menos física. Tá tirando o sono, sua paz, você sofre ameaça? Não se acostume com maus tratos! Não se acostume com o que é tóxico! Ao primeiro sinal de se sentir acuada e com medo, abra os olhos. Amor com violência é doença. A qualquer sinal, denuncie!”, afirmou.

Juliette

A vencedora do BBB21 comentou sobre o caso através do twitter, dizendo: "Por nenhuma mulher a mais silenciada, a violência não deve e nem pode nos calar. Não existe justificativa. Todo o meu apoio à Pamella e repúdio às cenas e atos de horror do Dj Ivis. Violência contra mulher é crime".

Marília Mendonça

A cantora mandou um recado direto ao agressor: "Dj Ivis, não existem justificativas ou argumentos que diminuam as provas e a existência do crime cometido. é inaceitável, intragável e brutal. que seja exposto e protestado até que alguém que cometa tais atos não tenha nem sequer oportunidade de tentar se justificar".

Wesley Safadão 

O artista convidou os fãs a "espalhar amor e paz não só para a Pamella, mas para todas as mais de 12 mil mulheres que são agredidas e violentadas diariamente no Brasil". Ainda disse "Nunca encoste a mão em uma mulher" e finalizou com "Isso tem que acabar".

Leia mais | Esposa de DJ Ivis posta vídeo onde aparece sendo agredida pelo músico na frente da filha do casal

MC Rebecca

A funkeira reforçou: "Violência contra mulher é CRIME!". "A violência não deve e nem vai nos calar, pelo direito de todas as mulheres que ainda sofrem com essa realidade. Saiba que você, Pamella, tem totalmente meu apoio, e que a justiça seja feita pelas cenas e atos de terror do DJ Ivis", disse.

Daniela Mercury

A artista foi ao twitter pedir que o agressor recebesse as devidas punições. "A violência contra Pamella é inaceitável e intolerável. O agressor precisa de punição exemplar".

Pronunciamento de Pamella Holanda

Por meio das redes sociais, ela agradeceu ao apoio que tem recebido e disse "não estou bem, mas estou segura". Pamella revelou que sofria "há muito tempo" e não tinha apoio das pessoas mais próximas, que presenciavam as agressões sem dizer nada porque era "o jeito dele". "Não se calem jamais, eu não vou me calar", pediu.

Nas redes sociais, os internautas fizeram campanhas para denunciar os perfis do artista e interromperam a monetização de suas músicas. Atualmente, o DJ é um dos mais tocados do Brasil e para evitar que suas músicas sejam tocadas por meio do algoritmo, estão sendo compartilhados tutoriais usando a ferramenta “Não tocar isso” do Spotify.

Podcast Vida&Arte
O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.