Participamos do

Wellington Paulista destaca adaptação a Vojvoda e garante Fortaleza ofensivo em final

Atacante do Leão mira tricampeonato estadual, pede respeito ao Ceará e rechaça postura defensiva em Clássico-Rei por vantagem do empate
18:27 | Mai. 21, 2021
Autor Afonso Ribeiro
Foto do autor
Afonso Ribeiro Repórter de Esportes
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Bicampeão cearense, o atacante Wellington Paulista entrará em campo diante do Ceará, no próximo domingo, 23, às 17 horas, na Arena Castelão, em busca do terceiro título estadual consecutivo pelo Fortaleza e assegura que a equipe manterá o estilo ofensivo implementado pelo técnico argentino Juan Pablo Vojvoda no Clássico-Rei decisivo.

No Pici desde 2019, o experiente camisa 9 participou da reta final da campanha da conquista daquele ano e também estava presente no segundo título consecutivo, na última temporada. Com quatro gols marcados na atual edição do Estadual, o centroavante prega respeito ao rival, admite ansiedade e mira a nova taça, que pode ser celebrada de forma invicta.

"Para a gente é muito importante. A gente quer ser campeão, está trabalhando por isso, então não está nem pensando nessa parte de ser campeão invicto. A gente só quer ser campeão. Já que tem a possibilidade de ganhar mais um jogo e ser campeão invicto, a gente vai entrar focado para fazer um grande jogo. Logicamente que tem que respeitar a equipe adversária, que é uma grande equipe, tem um excelente grupo, então tem que trabalhar forte para conseguir fazer um grande jogo e se consagrar campeão", frisou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

LEIA MAIS

+ Em alta, Felipe Alves e Richard são trunfos de Fortaleza e Ceará para Clássico-Rei decisivo
+ Com quatro partidas no Fortaleza, Vojvoda fica a dois gols de igualar passagem de Enderson Moreira
+ Confira arbitragem para o Clássico-Rei da final do Campeonato Cearense
+ Titi pede preparação e concentração do Fortaleza para a final do Cearense

"Todo jogo tem aquele friozinho na barriga, aquela ansiedade, não é porque é uma final que vai ser diferente, não é porque é um jogo só que vai ser diferente. A gente vai estar ansioso, depois que a bola rola, a ansiedade passa, foca mais no jogo, mas antes do jogo é normal e natural ter a tensão, o friozinho na barriga, que todo jogador tem que ter. Acho importante isso. A ansiedade vai ter até próximo do jogo, depois a gente vai entrar no jogo focado, concentrado, para fazer um grande jogo", ponderou o jogador de 38 anos.

Pelo regulamento da competição, o Tricolor tem a vantagem de ser tricampeão apenas com o empate por ter a melhor campanha. Apesar disso, Wellington Paulista destaca que a equipe ganhou postura ofensiva sob novo comando e não pode recuar para tentar assegurar a igualdade no placar.

"A gente tem a nossa característica de jogo, que é agredir o adversário o tempo todo, e não vai esperar o Ceará, vai começar atacando eles, como vem fazendo com todas as equipes depois que o Vojvoda chegou. Vamos trabalhar para que consiga atacá-los, como fizemos nos últimos jogos, para que consiga continuar fazendo gols e não sofrer os gols, que é o necessário", assegurou.

Nas quatro partidas desde a chegada do treinador argentino, o Leão soma 100% de aproveitamento e 20 gols marcados, com formações e esquemas táticos diferentes. O camisa 9 apontou a rápida adaptação do grupo de jogadores e a dedicação como trunfos para o rápido êxito.

"Todo mundo tem que estar ciente do que tem que fazer. Não adianta colocar os jogadores dentro de campo, e os jogadores não correrem pelo treinador para fazer o que ele quer e pede. Quando ele pede as coisas, a gente assimila muito rápido a situação nos treinos e faz nos jogos. Lógico, pensando nas partes ofensivas e defensivas, os jogadores têm que marcar e se dedicar. No nosso elenco, todo mundo tem que marcar e atacar, então acabou favorecendo porque todo mundo está com o espírito muito vencedor", disse o atacante.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags