Participamos do

Camilo Santana reduz para 30% público nos estádios do Ceará

Jogos no Estado estavam podendo receber até 80% da capacidade do estádio, desde que os torcedores comprovassem vacinação contra Covid-19
14:45 | Jan. 14, 2022
Autor Iara Costa
Foto do autor
Iara Costa Repórter do caderno de Esportes
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O governador Camilo Santana anunciou nesta sexta-feira, 14, a redução da capacidade de público dos estádios do Ceará. Até o dia 5 de fevereiro, as praças esportivas poderão ser ocupadas em apenas 30% de sua capacidade. Anteriormente, os jogos estavam podendo receber até 80% do público. 

A medida está sendo adotada por conta do aumento de casos de Covid-19 e Influenza no Ceará, conforme antecipado pelo Esportes O POVO. Recentemente, um novo decreto sanitário determinou a proibição de festas de Carnaval e Pré-Carnaval e também limitou capacidade de público em festas, o que fez com que a Feijoada da Arrancada, festa tradicional de início do ano do Vovô, fosse cancelada.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

No atual momento, apenas partidas do Campeonato Cearense 2022 ocorrem no Estado. A primeira fase do torneio tem acontecido sem a presença de Ceará e Fortaleza, que entram na competição nas quartas de final. Disputam agora oito clubes: Atlético-CE, Caucaia, Crato, Ferroviário, Icasa, Iguatu, Maracanã e Pacajus.

Ceará e Fortaleza estreiam na temporada apenas no final de janeiro, na Copa do Nordeste. O Vovô enfrentará o Globo-RN e deve atuar no Castelão após fim da revitalização do gramado. O Tricolor terá pela frente o Floresta.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags