Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Sistema defensivo do Ceará perde rendimento com saída de Gabriel Lacerda

Após o zagueiro da base alvinegra ser substituído pelo titular Luiz Otávio, o Vovô aumentou a média de gols sofridos
12:15 | Set. 15, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Conhecido pela sua solidez, o sistema defensivo do Ceará não tem apresentado o mesmo desempenho nas últimas partidas do Campeonato Brasileiro. Na sequência em andamento de cinco jogos sem vitórias do Alvinegro na Série A, o clube sofreu oito gols. Os tentos representam 38% das vezes que o Vovô teve as redes balançadas em todo o Brasileirão. Dentre os integrantes da zaga neste recorte de partidas, a única mudança significativa foi a saída de Gabriel Lacerda.

O jovem jogador assumiu a posição de titular do Ceará como uma aposta do ex-treinador do Vovô, Guto Ferreira, após a séria lesão de Luiz Otávio no Clássico-Rei, na final do Cearense. Inicialmente contestado pelas atuações, chegando a perder a posição para Klaus em dois jogos da Série A, aos poucos o jovem zagueiro foi mostrando o seu potencial.

Com o defensor de 22 anos fazendo dupla com Messias, o Vovô sofreu 11 gols em 12 confrontos. O início ruim, os cinco tentos sofridos em dois embates – na vitória diante do Grêmio (3 a 2) e na derrota contra o Santos (3 a 1) – inflaram negativamente os números desta parceria. Os dois atuaram juntos em 10 partidas na série invicta de 11 jogos na primeira divisão e, neste período, Lacerda e Messias cederam apenas seis tentos.

Após a recuperação completa, era natural que Luiz Otávio reassumisse a titularidade. Porém, desde o retorno do camisa 13 à zaga do Vovô, já foram oito gols sofridos em apenas cinco confrontos, uma média 1,6 tento por partida. Com Gabriel, a equipe cearense tinha uma média abaixo de um gol por jogo, algo em torno de 0,91.

Outra valência que o Ceará aproveitava de Lacerda era a bola aérea ofensiva. Pelo Vovô, Gabriel balançou as redes duas vezes nesta Série A, as duas de cabeça, e é o único defensor que ocupa a vice-artilharia do time, ao lado de Jorginho, Lima, Vina e Cléber. Com 19 gols no Campeonato Brasileiro, o Alvinegro é o 12º no quesito na primeira divisão, empatado com o Corinthians. A pouco produtividade no ataque gera a necessidade de mais elementos surpresas, como os cruzamentos em escanteios e bolas paradas.

Os gols de Gabriel Lacerda, inclusive, ajudaram ao Ceará somar pontos no Brasileirão. O primeiro tento foi em casa, no embate contra o Atlético-MG, na Arena Castelão, marcando no último lance do jogo. Já o segundo, foi no confronto contra o Juventude, no Alfredo Jaconi, fazendo o segundo gol da equipe e garantido a vitória por 2 a 0.

Ainda com Luiz Otávio sendo favorito para começar entre os titulares contra o Santos, no confronto de sábado, 18, às 21 horas, na Arena Castelão, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, as fracas atuações defensivas do Ceará podem aumentar a dúvida de Tiago Nunes e as chances de Lacerda ser novamente testado na defesa.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Luiz Otávio lamenta nova derrota do Ceará como visitante e fala em "aprendizados"

Camisa 13
13:45 | Set. 12, 2021
Autor Afonso Ribeiro
Foto do autor
Afonso Ribeiro Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Depois de mais um tropeço do Ceará fora de casa, na derrota por 2 a 0 para o Grêmio-RS, na manhã deste domingo, 12, em Porto Alegre, pela 20ª rodada da Série A, o zagueiro Luiz Otávio lamentou, mas citou aprendizados para a sequência da temporada e projetou evolução da equipe sob comando do técnico Tiago Nunes.

Na primeira partida sob a batuta do novo treinador, o Alvinegro não conseguiu segurar as investidas do Tricolor e nem levar perigo à meta adversária. No final do primeiro tempo, Diego Souza e Ferreira marcaram os gols que decretaram o placar na Arena do Grêmio.

"Já deu para colocar algumas coisas em prática, mas, infelizmente, a gente começou devagar no primeiro tempo. Quando estava começando a equilibrar a partida, a gente acabou levando os gols. No segundo tempo, a gente até voltou querendo propor mais, mas faltou efetividade e ser mais contundente na hora de jogar e trabalhar a bola. O Grêmio estava fechadinho no segundo tempo porque estava com a vantagem no placar. Infelizmente, a gente não conseguiu finalizar mais para levar mais perigo ao gol adversário e sai daqui derrotado, mas com aprendizados. O Tiago está começando um trabalho muito bom, e eu tenho certeza que a gente vai trabalhar cada vez mais duro para buscar vitória", disse Luiz Otávio em entrevista ao Premiere.

O duelo no Sul foi o décimo compromisso do Vovô longe de casa na atual edição do Brasileirão. Foram seis empates e quatro derrotas, com aproveitamento de 20%, o que torna a equipe de Porangabuçu a pior visitante da competição e a única a não vencer fora dos próprios domínios.

"A gente ainda não venceu fora de casa e sabe que precisa pontuar sempre, pensar nisso em todos os jogos. Infelizmente hoje (domingo) não deu, agora é trabalhar para o próximo jogo", falou o camisa 13. "Cada jogo é uma oportunidade diferente. Esse aqui já não volta mais, não tem base para ficar se lamentando toda hora. É continuar trabalhando. A gente já tem o próximo jogo, agora é focar nele ao máximo para conseguir os três pontos. Nas próximas partidas fora de casa, a gente tem que pontuar e buscar vencer a todo custo. O Tiago vai corrigir, ele sabe o que a gente precisa fazer e vai falar conosco para os próximos jogos", ponderou Luiz Otávio.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará renova com zagueiro Gabriel Lacerda por três temporadas

Novo contrato
19:11 | Set. 02, 2021
Autor Brenno Rebouças
Foto do autor
Brenno Rebouças Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ceará renovou contrato com o zagueiro Gabriel Lacerda. O jovem atleta, de apenas 22 anos, agora pertence ao Vovô até o fim de 2024. O novo vínculo já está valendo, pois teve a publicação no BID da CBF, nesta quinta-feira, 2.

Gabriel Lacerda vem tendo mais oportunidades com a camisa alvinegra na atual temporada. Ele, inclusive, já jogou mais que no ano passado — 19 vezes em 2021 frente a 11 vezes em 2020. Na Série A do Brasileiro, especificamente, ele atuou em 12 jogos este ano, enquanto na edição anterior apenas em nove.

As atuações nesta temporada se mostraram mais seguras e quando o veterano Luiz Otávio ganhou condições de jogo, após dois meses lesionado, o ex-técnico do Vovô, Guto Ferreira, chegou a ter dúvidas entre promover a volta do xerife ou manter o jovem valor.

Lacerda chegou até a marcar gols este ano. Foi ele o responsável pelo tento da vitória na partida contra o Atlético-MG, por 2 a 1, na 6ª rodada da Série A, e por um dos gols marcados sobre o Juventude, na 9ª rodada, no triunfo alvinegro por 2 a 0. Deu também uma assistência no Clássico-Rei da 14ª rodada.

O vínculo anterior de Lacerda com o Ceará terminaria em dezembro deste ano. Com o novo contrato, o Vovô se protege de possíveis assédios do mercado e demonstra que vê potencial no defensor.

O BID desta quinta-feira também registrou o novo contrato do goleiro Richard. Ele também renovou por mais três temporadas e fica até o fim de 2024, mas o anúncio oficial foi feito em agosto.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Luiz Otávio admite "surpresa" com troca no comando do Ceará e elogia Tiago Nunes

Camisa 13
16:11 | Set. 02, 2021
Autor Afonso Ribeiro
Foto do autor
Afonso Ribeiro Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Um dos líderes do elenco do Ceará, o zagueiro Luiz Otávio admitiu que ficou surpreso com a troca no comando, mas elogiou o novo treinador e destacou o período livre para treinos sob orientação da nova comissão técnica. O defensor de 32 anos afirmou que Tiago Nunes foi bem recebido pelo elenco e mira se adaptar ao novo modelo de jogo.

No último domingo, 29, após a derrota por 2 a 0 para o América-MG, pela Série A, o Alvinegro demitiu Guto Ferreira, que passou mais de um ano no cargo. No dia seguinte, anunciou acordo até o final de 2022 com Tiago Nunes, que se apresentou na quarta-feira, 1º, e iniciou os trabalhos em Porangabuçu.

"A gente foi pego de surpresa também, mas vida que segue. Isso é normal, infelizmente, no futebol brasileiro. Não sei se vai parar por aqui ou não, acho que a medida que a CBF adotou de ter dois treinadores por ano, no máximo, ajudou a enaltecer o trabalho dos treinadores, que têm mais tempo para ficar no cargo e apresentar o trabalho. Sobre a chegada do Tiago, o grupo recebeu ele muito bem, até porque o que a gente prega e eu sempre falo é comprar a ideia de quem esteja comandando. Hoje é o Tiago, a gente tem que comprar a ideia de trabalho dele, buscar fazer o nosso melhor para ajudar ele. Se não houver cooperação dos jogadores, não tem como ele desenvolver o trabalho", ponderou o camisa 13.

Após passagens por Athletico-PR, Corinthians-SP e Grêmio-RS, o gaúcho de 41 anos assume o Vovô na sequência do Campeonato Brasileiro.

"O Tiago veio para somar junto com a gente. Aproveitou a oportunidade e, não diferente de mim ou de qualquer outro jogador quando chegou ao Ceará, a intenção dele é fazer história, levar o clube aonde não chegou, conquistar coisas que ainda não conquistou. Ele veio com muita fome de trabalhar e tirar o melhor da gente", disse Luiz Otávio.

A nova comissão técnica terá como trunfo o tempo de preparação até o próximo compromisso: com o adiamento da partida diante do Palmeiras-SP, o Ceará voltará a campo apenas no próximo dia 12, contra o Grêmio-RS, em Porto Alegre, pela 20ª rodada do Brasileirão. Tiago Nunes, portanto, terá cerca de dez dias de trabalho antes de reencontrar o ex-clube.

"Francamente, até pelo momento da troca de treinador, para mim é positivo. Vai ter um tempo para a gente entender melhor o trabalho do professor Tiago, que está chegando agora. O método de trabalho dele, a forma, tudo que ele vai passar para a gente e querer agregar. Para isso precisa de tempo e no futebol, muitas vezes, a gente não tem esse tempo. Então a gente vai ter essas duas semanas para assimilar o mais rápido possível para tentar colocar tudo ou boa parte em prática. A gente tem que buscar fazer o nosso melhor e cada vez entender mais rápido o método de trabalhar dele", opinou o zagueiro.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Luiz Otávio analisa atuação do Ceará na derrota diante do América-MG: "Erramos bastante"

REPERCUSSÃO
13:34 | Ago. 29, 2021
Autor Iara Costa
Foto do autor
Iara Costa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Com uma atuação apática, o Ceará foi derrotado na manhã deste domingo, 29, em 2 a 0 pelo América-MG no estádio Independência, em Minas Gerais. Os gols do Coelho foram marcados por Fabrício, um em cada tempo de jogo. Após o duelo, o zagueiro alvinegro, Luiz Otávio, analisou a atuação do time no embate. 

"A gente até iniciou bem, conseguindo algumas transições, mas faltou o último passe. A gente acabou tomando o gol, desequilibrou um pouco a nossa equipe. Demoramos a voltar pro jogo. Equilibramos depois, no fim do primeiro tempo. No segundo tempo a gente acabou levando mais um gol, pois a gente foi procurar mais o jogo, mas erramos bastante. Não conseguimos nem diminuir e nem chegar ao empate para, consequentemente, chegamos à vitória. Fica de aprendizado, para que a gente aprenda com os nossos erros e volte melhor", expôs o jogador.

Com o resultado, o Vovô ocupa, no momento, a 8ª colocação na tabela com 24 pontos conquistados em 18 jogos. O time comandado por Guto Ferreira volta a campo somente no dia 12 de setembro, quando enfrenta o Grêmio fora de casa pela 20ª rodada da competição. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags