PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
Noticia

Cléber admite cobrança por gols no Ceará, mira jogo contra Cuiabá e se diz adaptado à Série A

De volta ao time titular do Vovô, atacante espera quebrar jejum de um mês sem balançar as redes e projeta triunfo fora de casa sobre o Dourado

16:19 | 09/07/2021
Atacante Cléber no jogo Bragantino x Ceará, no estádio Nabi Abi Chedid, pelo Campeonato Brasileiro Série A (Foto: Fausto Filho / Ceará SC)
Atacante Cléber no jogo Bragantino x Ceará, no estádio Nabi Abi Chedid, pelo Campeonato Brasileiro Série A (Foto: Fausto Filho / Ceará SC)

Após testar positivo para Covid-19 e ver Saulo Mineiro assumir a referência no setor ofensivo, o atacante Cléber voltou a ser titular do Ceará no empate sem gols com o Fluminense-RJ, na última quarta-feira, 7. Sem balançar as redes há pouco mais de um mês, o camisa 89 revela autocobrança por gols, mira vitória diante do Cuiabá-MT e se vê adaptado ao nível da Série A.

O centroavante de 24 anos foi contaminado pelo coronavírus no mês passado e precisou cumprir período de isolamento, ausente de treinos e jogos. Voltou aos gramados no 0 a 0 com o Bragantino-SP, mas acabou expulso com poucos minutos. Sem Saulo Mineiro, em negociação com o futebol japonês, Cléber ganhou espaço na escalação contra o Tricolor das Laranjeiras.

"A ansiedade sempre bate no período parado. Estava muito ansioso em voltar a jogar e estar ajudando meus companheiros dentro de campo", disse.

LEIA MAIS

+ Ceará tem acordo verbal com Erick; Vovô busca aval do Braga
+ Com atuações seguras, Buiú vem se consolidando como lateral-direito titular do Ceará

A última vez que o atacante deixou sua marca foi no dia 3 de junho, no empate em 1 a 1 com o arquirrival Fortaleza, pela Copa do Brasil. No Brasileirão, o único tento até o momento foi na vitória por 3 a 2 sobre o Grêmio-RS, em 30 de maio. O jogador baiano admite que se incomoda com o jejum e espera pôr fim à marca em breve.

"Eu sou um cara que me cobro muito dentro dos treinamentos, quando estou atuando. Sou um cara que quero estar sempre marcando, sou o 9 da equipe e é muito importante, para mim, estar marcando gols. Quando não vem, tento dar meu máximo, ajudar os companheiros marcando, dando assistências. Venho aqui me cobrar bastante sempre quando não vem os gols. Estou trabalhando bastante para poder, nos próximos, estar acontecendo", projetou Cléber, que anotou seis gols na última edição da competição nacional e se diz adaptado.

"Ano passado, tive uma pequena dificuldade por estar disputando meu primeiro Campeonato Brasileiro. Esse ano acho que eu já melhorei bastante, os clubes começam a te ver com outros olhos, então cada ano fica mais difícil. Estou evoluindo e conseguindo me adaptar bem ao campeonato", avaliou.

O camisa 89 terá a chance de voltar a balançar as redes no confronto diante do Cuiabá-MT, no próximo domingo, 11, às 18h15min, na Arena Pantanal, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o Dourado na zona de rebaixamento, ainda sem vencer na competição, Cléber mira um triunfo fora de casa para o Vovô subir na classificação.

"Sabemos que não vai ser um jogo fácil. É um time que está sendo pressionado, que vai buscar a vitória também, mas a gente precisa dessa vitória para poder estar subindo na tabela. Vamos buscar esses três pontos fora de casa para poder dar sequência no campeonato", analisou.