PUBLICIDADE
Divirta-se
Segundo site

Polícia solicita entrada no BBB19 para interrogar Paula por intolerância religiosa

Na ocasião, Paula havia afirmado aos brothers que sentia "medo" de Rodrigo pelo fato de o cientista político ter "esse negócio de Oxum"

22:40 | 22/02/2019
Paula é investigada por intolerância religiosa. (Foto: Reprodução/Instagram)
Paula é investigada por intolerância religiosa. (Foto: Reprodução/Instagram)

A Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) solicitou nesta sexta-feira, 22, a entrada de uma equipe policial no Big Brother Brasil 19 (BBB19) para interrogar a mineira Paula. A sister é investigada por intolerância contra religiões de matriz africana. As informações são do jornal Extra.

"Vamos ao local para confrontar o que vimos nos vídeos. A questão em análise é a intolerância religiosa. Ainda há dúvida do fato de haver crime na fala dela e a conversa vai ajudar bastante a elucidar", disse o delegado Gilbert Stivanello, da Decradi do Rio de Janeiro.

A declaração feita por Paula, em questão, aconteceu durante uma conversa entre a sister, Diego e Hariany. Na ocasião, Paula havia afirmado aos brothers que sentia "medo" de Rodrigo pelo fato de o cientista social ter "esse negócio de Oxum".

"Ela é investigada por conta dessas falas e eu vou confrontá-la sobre isso. Em muitas outras declarações, não vejo tipificação de crime. O interrogatório vai ajudar bastante a elucidar essa história", afirmou o delegado. "A Paula vai ser ouvida num espaço reservado e sigiloso na emissora. Vou conversar com o Rodrigo, pra saber se ele se sentiu ofendido. É preciso ouvir todas as partes", finalizou.