Participamos do

Solange Almeida no funk: "tento descer até o chão, embora não consiga"

"Até o Piso" é uma parceria de Daya Luz, Rebecca e Solange Almeida, lançada nesta sexta, 6 de agosto, em todas as plataformas digitais
15:50 | Ago. 06, 2021
Autor Ana Flávia Marques
Foto do autor
Ana Flávia Marques Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Conhecida pelo forró, Solange Almeida entrou com tudo no funk "Até o Piso". A música é uma parceria com Daya Luz e Rebecca e foi lançada nesta sexta, 6 de agosto. O clipe aborda a liberdade da mulher após passar por um relacionamento abusivo e faz homenagens a seleção feminina de futebol. Em entrevista exclusiva ao OPOVO, Solange conta como foi a experiência de sair do forró para o funk.

"Foi desafiador, nunca imaginei gravar algo assim, onde tivesse tanta exposição do corpo, porque é um clipe muito sensual, ele explora muito a sensualidade feminina". Apesar do estilo diferente do que costuma cantar, Solange afirma "música é música, independente do ritmo, música é vida".

A cantora revela que gosta muito do estilo musical. "Eu tento descer até o chão, embora não consiga", brinca. "Tem muitos rótulos, mas acho que tudo é válido na música, principalmente se te faz feliz e quando você se junta com pessoas bacanas, com mulheres de pensamentos e ideologias parecidas com as suas. Foi muito incrível, faria de novo", afirma.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Daya diz que tanto ela como as parceiras na música aprovaram o resultado final do clipe. "Está lindo, a gente dança, a gente é sensual. Depois do jogo, vamos para o vestuário e fazemos nossa própria pelada e resenha, em referência aos homens que saem para jogar e deixam suas mulheres em casa. Nós fizemos nosso próprio jogo". O vídeo estará disponível no YouTube a partir das 12 horas.

Daya Luz, Mc Rebecca, Solange Almeida - Até o Piso

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags