Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Variante Delta: Camilo Santana espera não precisar retroceder na reabertura econômica do Ceará

Governador do Ceará planeja seguir avançando na vacinação e continuar mantendo as medidas de contenção da variante no Estado, que já tem 16 casos confirmados
18:15 | Ago. 12, 2021
Autor Marília Serpa
Foto do autor
Marília Serpa Autor
Tipo Notícia

Com 16 casos confirmados da variante Delta do Sars-Cov-2 no Ceará, o Governador do Estado, Camilo Santana (PT), espera não precisar retroceder no processo de reabertura econômica como forma de evitar a propagação da doença e uma possível terceira onda no Estado. De acordo com o último decreto estadual de 6 de agosto, a reabertura das semanas anteriores não terá continuidade pelos próximos 15 dias, que começou a valer a partir de segunda-feira, 9. 

De acordo com o governador, o plano atual é continuar orientando os cearenses a respeito da pandemia, além de seguir avançando no processo de vacinação em todo o Estado. "É importante que a população saiba que a pandemia não acabou. Há uma preocupação com a variante Delta, que é mais forte e mais agressiva", explica. Nessa quarta-feira, 11, a Secretaria da Saúde confirmou o primeiro caso por transmissão comunitária.

LEIA MAIS: Covid-19: Ceará exige de viajante teste negativo ou vacinação completa

A nova variante foi identificada em passageiros vindos do Rio de Janeiro, Recife, São Paulo e México. Por isso, o governo do Ceará conseguiu nessa terça-feira, 10, por meio de decisão na Justiça Federal, o direito de exigir teste negativo (feito em até 72 horas antes) e a apresentação do cartão de vacinação com esquema de vacinas completo (com duas doses ou dose única) no momento do embarque de passageiros com destino ao Estado.

A medida é uma das maneiras de evitar que a nova variante se espalhe pelo Estado, diminuindo os riscos de uma possível terceira onda. Desde julho, o Aeroporto Internacional de Fortaleza - Pinto Martins já conta com um centro de testagem, que continua atualmente realizando testes rápidos e exames de RT-PCR logo após a aterrissagem das aeronaves de forma aleatória em 20% dos viajantes. O governador planeja, ainda, aumentar a quantidade de testes realizados.

"Vamos manter essa barreira sanitária, aumentando o volume de testes. Agora, temos a medida judicial de ter que apresentar o teste [negativo] para conseguir vir para o Ceará. Nós estamos mantendo toda a nossa estrutura de leitos, enfermarias e UTIs nos hospitais de campanha, além de acelerar a vacinação", explica Camilo.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Fortaleza reduz casos de calazar, mas situação no Ceará ainda preocupa

COMBATE AO CALAZAR
17:50 | Ago. 12, 2021
Autor Gabriel Borges
Foto do autor
Gabriel Borges Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Aproximadamente 90 mil coleiras repelentes serão distribuídas a cachorros de 35 bairros de Fortaleza para combater o calazar. A campanha nacional de encoleiramento de cães para combate à leishmaniose visceral foi lançada nesta quinta-feira, 12, em Fortaleza. A Capital teve grande redução de casos durante os últimos anos. O projeto do Ministério da Saúde já adquiriu um milhão de coleiras repelentes, que serão distribuídas entre 16 estados brasileiros.

Leia também |

Calazar: é possível o tratamento, em vez da eutanásia?

Por tratamento de calazar, veterinárias têm o exercício profissional suspenso

"Nossa ação no Brasil e em Fortaleza está balizada nos critérios epidemiológicos de bairros com maior transmissão da doença e de maior vulnerabilidade. Sobretudo em locais com casos humanos registrados. Fortaleza tem 35 bairros que, historicamente, permanecem como uma grande ameaça", relata Nélio Morais, Coordenador de Vigilância e Saúde da Secretaria de Saúde de Fortaleza (SMS).

De acordo com Morais, a doença é apontada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma das mais negligenciadas no planeta. A secretária de saúde de Fortaleza, Ana Estela Leite, destaca que a doença se comporta de forma endêmica em 75 países do mundo.

"É uma doença crônica que acomete todo o organismo, que tem uma letalidade alta, que pode acometer o maior índice de óbitos em crianças de até 10 anos. A doença se comporta de forma endêmica em 75 países, sendo o Brasil responsável por 14% dos casos nas Américas", relata a secretária.

Apesar dos números alarmantes, Fortaleza tem mostrado efetividade no combate à doença durante os últimos anos. A última morte humana causada pela doença ocorreu em 2019, sendo o único caso fatal daquele ano.

LEIA TAMBÉM| Servidor terceirizado montou esquema para beneficiar tornozelados

Em 2021, de acordo com a SMS, 14 casos de leishmaniose em humanos já foram registrados e dois seguem em investigação. Em 2020, 43 pessoas foram contaminadas em Fortaleza. O número de casos registrados em humanos no último ano apresentou uma queda de 82% no número de contaminados se comparados com os casos anuais de 2010 e 2011, quando a Capital registrou 247 casos da doença em cada ano.

O número de contágios entre cães também apresentou queda durante a última década. Em 2013, 8.904 cães foram diagnosticados com a doença. Já em 2019, foram registrados 3.451 casos, o que configura uma redução de 61%.

Durante a cerimônia de lançamento da campanha de encoleiramento, alguns cães já foram contemplados com as coleiras repelentes. Foi o caso do cachorrinho Codisman, que vive sob os cuidados dos colaboradores do Abrigo São Lázaro.

"A leishmaniose é uma doença que não tem cura, mas tem tratamento. Sabemos que o número de animais abandonados só cresce no Brasil, a estimativa diária aponta para 1.974 abandonos. Esses eventos são importantes para prevenir os animais e educar as pessoas", relata o diretor do abrigo, Apollo Vicz.

LEIA TAMBÉM| 33 mulheres eram mantidas no cárcere privado em celas por diretor de clínica no Crato

Situação no Estado

De acordo com o orientador da Célula de Vigilância Entomológica e Controle de Vetores da Secretaria da Saúde do Ceará, Luiz Osvaldo, os números no Estado ainda preocupam.

De janeiro de 2020 até julho de 2021, 14 pessoas morreram de leishmaniose visceral no Ceará. Ao todo, 266 casos da doença foram registrados em humanos durante o período.

"A doença ainda tem uma alta prevalência com óbitos. Inicialmente, a estratégia apresentada hoje será implantada em seis municípios cearenses: Fortaleza, Caucaia, Itapipoca, Ipaporanga, Juazeiro do Norte e Barbalha", relata o orientador.

Ainda segundo Osvaldo, o Governo do Estado busca adquirir mais coleiras para contemplar os municípios que não estão na lista do Ministério da Saúde. A previsão é que a distribuição, por parte da administração estadual, aconteça entre os meses de setembro e outubro deste ano.

LEIA TAMBÉM| Assembleia instala CPI para investigar financiamento de associações de PMs no Ceará

Bairros a serem atendidos em Fortaleza

Ancuri

Barra do Ceará

Barroso

Bela Vista

Benfica

Bom Jardim

Bom Sucesso

Coaçu

Conjunto Ceará I

Conjunto Ceará II

Cristo Redentor

Curió

Jardim América

Jardim das Oliveiras

Jardim Iracema

José Walter

Fátima

Granja Portugal

Manoel Sátiro

Messejana

Padre Andrade

Pan Americano

Parque Dois Irmãos

Parque Genibaú

Parque Presidente Vargas

Parque Santa Rosa

Parque São José

Paupina

Pici

Planalto Ayrton Senna

Praia de Iracema

Praia do Futuro I

Quintino Cunha

Rodolfo Teófilo

Siqueira

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Exclusivo: Grupo Uni.co vai abrir novas lojas Imaginarium e Puket no Ceará

ECONOMIA
17:47 | Ago. 12, 2021
Autor
Tipo Notícia

O Grupo Uni.co, dono das marcas Imaginarium, Puket, Mind e Lovebrands e recentemente adquirido pela Lojas Americanas, tem o objetivo de até 2022 abrir cinco lojas da marca Imaginarium nos estados do Ceará, Pernambuco e Bahia, e quatro unidades da marca Puket no Ceará, Rio Grande do Norte, Bahia e Maranhão.

A decisão veio em consonância aos dados econômicos que colocam o Nordeste em evidência. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), as 24,2 mil unidades de franquias localizadas na Região faturaram em 2020 um total de R$ 24,07 bilhões.

Considerando apenas o mês de maio passado, foi o local que registrou maior aumento nas vendas na comparação com igual período de 2020 (30,3%). 

Além disso, 20 das 100 melhores cidades com mais de 100 mil habitantes para se investir no comércio são localizadas no Nordeste, segundo o estudo Melhores Cidades para Fazer Negócios 2.0, elaborado pela Urban Systems.

Além de cinco capitais – Teresina, Salvador, Natal, São Luís e João Pessoa –, a lista inclui outros 12 municípios nordestinos: Nossa Senhora do Socorro (SE), Camaçari (BA), São Gonçalo do Amarante (RN), Cabo de Santo Agostinho (PE), Juazeiro (BA), Petrolina (PE), Crato (CE), Simões Filho (BA), Alagoinhas (BA), Vitória de Santo Antão (PE), Caucaia (CE) e São José de Ribamar (MA).

Grupo Uni.co

Fachada da loja Pucket
Fachada da loja Pucket (Foto: Divulgação)

 

A Imaginarium, principal marca do grupo, tem 17% de suas lojas na região Nordeste. Em 2020, as 35 unidades da Região – de um total de 207 de toda a rede – responderam por 15% do faturamento. Já em 2021, sete estão entre as 20 que mais venderam.

“Notamos um excelente potencial e receptividade dos consumidores da região Nordeste pelos nossos produtos, tanto da Puket como da Imaginarium”, comenta, em nota, Liliana Martins, gerente de expansão da Puket e Imaginarium, do Grupo Uni.co.

Considerando apenas a marca Puket, a região Nordeste foi a segunda com maior faturamento no primeiro semestre de 2021, perdendo apenas para o Sudeste, que tem uma concentração maior de unidades (99). Além disso, 16% do faturamento do semestre provém das lojas concentradas no Nordeste.

“Proporcionalmente falando, se olharmos a quantidade de loja por região versus o faturamento no semestre, a região Nordeste é a que tem a média maior”, conclui, em nota, a gerente.

Nordeste

Fachada da loja Hope
Fachada da loja Hope (Foto: Divulgação)

 

Dentre as empresas que miram o Nordeste também estão o Grupo Hope, que projeta um potencial para a manutenção de 78 novas operações na Região. Até o fim de 2022, a companhia prevê a abertura de 25 novas unidades, dobrando sua presença.

Com 21 unidades no Nordeste atualmente, a empresa está em oito capitais – Salvador (quatro unidades), São Luís (duas), Aracaju (duas), Maceió (duas), Teresina, Natal, Recife e João Pessoa –, além de Caruaru (PE), Petrolina (PE), Feira de Santana (BA), Itabuna (BA), Luis Eduardo Magalhães (BA), Campina Grande (PB) e Patos (PB).

“Não há como uma marca ser relevante nacionalmente sem ter uma presença significativa na Região Nordeste. É uma região estratégica para qualquer marca. Somado isso, a excelente aceitação da marca por nossas clientes do Nordeste nos dá a certeza de um potencial imenso ainda pouco explorado”, comenta, ao O POVO, o gerente de Expansão do Grupo Hope, André Momberg.

O  executivo também menciona a relevância do Nordeste para a companhia. “Nossa fábrica fica em Maranguape (CE). Nada mais natural e legítimo que tenhamos uma estratégia específica para a região”, afirma Momberg. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Biblioteca Pública do Ceará: saiba como fazer empréstimos de livros

Reinauguração
16:50 | Ago. 12, 2021
Autor João Gabriel Tréz
Foto do autor
João Gabriel Tréz Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Os livros da Biblioteca Pública Estadual do Ceará poderão, finalmente, reencontrar o público. Fechado desde 2014, o equipamento foi reinaugurado na manhã desta quinta, 12, em solenidade com o governador Camilo Santana (PT).

Dos 12 setores da Biblioteca, seis estarão acessíveis ao público: Obras Raras, Periódicos, Microfilmagem, Obras Gerais, Obras Gerais - Coleção Ceará, Artes e Iconografia e Atualidades.

O empréstimo de livros do amplo acervo estará disponível para as pessoas que tenham cadastro na BECE. Para isto, é necessário primeiro realizar o agendamento virtual prévio, demandado por conta de protocolos referentes à pandemia.

Uma vez com a visita agendada e o cadastro realizado, é possível utilizar o serviço de empréstimo de livros. Para isso, é preciso apresentar a carteirinha BECE em um dos balcões dispostos nos setores de Atualidades e Leitura Acessível (Hall Térreo); Obras Gerais e Coleção Ceará (Andar Superior +1); e Setor Infantil (-1).

É possível consultar o acervo pelo site da BECE e, também, reservar obras de maneira on-line. A confirmação da reserva se dará em até 48 horas após efetuado a solicitação e, então, será possível buscar o livro em data agendada.

Detalhes sobre as possibilidades de empréstimo e a renovação, como número de títulos máximos, prazo de devolução, valor de multa por atraso e outros, podem ser encontrados no site da BECE.

Biblioteca Pública Estadual do Ceará

Quando: visitas de segunda à sexta, de 9 às 16 horas, a partir de 13 de agosto, mediante agendamento
Onde: Avenida Leste Oeste, 255, ao lado do Dragão do Mar
Agendamento e mais informações: www.bece.cultura.ce.gov.br

Podcast Vida&Arte
O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker. Confira o podcast clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Biblioteca Pública do Ceará: saiba como agendar visita

literatura
16:37 | Ago. 12, 2021
Autor João Gabriel Tréz
Foto do autor
João Gabriel Tréz Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Entregue ao público na manhã desta quinta, 12, a Biblioteca Pública Estadual do Ceará está pronta para receber visitantes a partir desta sexta, 13, mas será preciso agendar virtualmente para poder aproveitar o equipamento.

O acervo da BECE conta com mais de 100 mil obras e a biblioteca tem 12 setores diferentes. No momento inicial da reabertura, apenas seis estarão funcionando: Obras Raras, Periódicos, Microfilmagem, Obras Gerais, Obras Gerais - Coleção Ceará, Artes e Iconografia e Atualidades.

O agendamento de visitas à BECE será aberto a partir da sexta, 13, pelo site do equipamento. Os dados necessários são nome e e-mail, além da escolha de horário para visita.

O atendimento da Biblioteca durante a pandemia é de 9 às 16 horas, divididos em dois turnos: de 9 às 12 horas e, depois, de 13 às 16 horas.

Uma vez com a visita agendada, será possível, por exemplo, efetuar cadastro, emitir a carteirinha de usuário, realizar empréstimo de livros e utilizar os espaços liberados no prédio da BECE.

Biblioteca Pública Estadual do Ceará

Quando: visitas de segunda à sexta, de 9 às 16 horas, a partir de 13 de agosto, mediante agendamento
Onde: Avenida Leste Oeste, 255, ao lado do Dragão do Mar
Agendamento e mais informações: www.bece.cultura.ce.gov.br

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Biblioteca Pública do Ceará: saiba como se cadastrar e emitir carteirinha

literatura
16:28 | Ago. 12, 2021
Autor João Gabriel Tréz
Foto do autor
João Gabriel Tréz Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Biblioteca Pública Estadual do Ceará foi entregue ao público na manhã desta quinta, 12, em solenidade oficial com a presença do governador Camilo Santana (PT), do secretário da Cultura Fabiano Piúba e outras autoridades.

Para poder aproveitar o amplo acervo de mais de 100 mil obras da BECE, é preciso agendar virtualmente a visita, devido à pandemia. O equipamento abrirá no primeiro momento somente seis dos 12 setores que compõem a estrutura da biblioteca, operando com 50% da capacidade.

Uma vez com a visita agendada, é possível obter empréstimo de livros da Biblioteca. Para isso, é necessário fazer ou atualizar um cadastro gratuito, que dá direito à emissão da carteirinha, no balcão de atendimento do térreo.

Documentos necessários:

- Documento de identificação com foto (RG, CNH, carteira de trabalho, passaporte ou outros);
- Comprovante de residência (água, luz, telefone, declaração de abrigo ou moradia social ou Associação de Moradores)
- Para menores de 18 anos, é necessário apresentar cópias de documentos do responsável; caso o responsável cadastre um pessoa menor de idade sem a presença do mesmo, deve apresentar documento de identificação dela

O cadastro tem validade de um ano e, após o prazo, é preciso atualizá-lo e apresentar novo comprovante de residência para solicitar empréstimo. A emissão da carteira é gratuita, mas em caso de perda a segunda via terá valor de R$ 2.

Podcast Vida&Arte
O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker. Confira o podcast clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags