PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

MP investigará vacinação de Thyane, casada com Safadão, para saber se furou fila

Influencer acompanhou marido, Wesley Safadão, e tomou o imunizante Janssen. Porém, a idade de Thyane não está inclusa nas listas de vacinação em Fortaleza

Marília Freitas
09:03 | 09/07/2021
Thyane nasceu em 1991 e estava fora da lista de agendados desta quinta-feira (Foto: Instagram/Reprodução)
Thyane nasceu em 1991 e estava fora da lista de agendados desta quinta-feira (Foto: Instagram/Reprodução)

O Ministério Público do Ceará (MPCE) abrirá procedimento para investigar a vacinação da influencer Thyane Dantas, imunizada contra a Covid-19 na manhã de ontem, 8. Internautas acusaram a esposa do cantor Wesley Safadão de ter furado a fila da vacinação em Fortaleza. Capital cearense está imunizando pessoas nascidas em 1989, mas Thyane nasceu em 1991 e conseguiu ser imunizada com a Janssen, de dose única. O Ceará tem recebido poucas doses de vacina, o que ameaça a meta de vacinar todos os adultos com a primeira dose até agosto.

Apontada como "possível caso de fura-fila" da vacinação, o fato será investigado por Ricardo Rabelo, promotor do órgão público e integrante da área da saúde do MPCE. Em nota, o órgão público informou que oficiará a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) solicitando detalhes sobre o fato - incluso a lista de vacinados, horário de vacinação do casal e informações a respeito das "sobras" de imunizantes. Informações sobre os servidores responsáveis pelo preenchimento dos cartões e pela aplicação da vacina também serão solicitadas.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) também instaurou processo para averiguar o caso. Informação foi confirmada ao O POVO. Pasta ressaltou que segue o Plano de Vacinação Nacional e as normas técnicas pactuadas na Comissão Intergestora Bipartide (CIB). 

Após questionamentos de internautas, Wesley Safadão também será investigado pelo MPCE para saber se mudou local de vacina para escolher a Janssen. O artista de 32 anos compartilhou nas suas redes sociais o momento que recebeu a vacina contra a Covid-19 junto à esposa. Dentre os apontamentos, estão a de que o cantor foi convocado para receber o imunizante no Centro de Eventos. No entanto, a aplicação ocorreu em um dos shoppings escalados para vacinação na Capital, um dos pontos que estavam estavam aplicando a vacina da Janssen, que tem apenas uma dose.

Em nota, a assessoria de Wesley Safadão declarou que a influencer recebeu o imunizante pela estratégia de imunização conhecida como "xepa". Mas o prefeito de Fortaleza, Sarto (PDT), rebateu Thyane em suas redes sociais. Segundo ele, não houve a aplicação de doses remanescentes da vacina contra a Covid-19 antes das 17 horas. Thyane tomou a vacina na manhã da quinta-feira, 8.

Em suas redes sociais, Sarto comunicou que a equipe da Saúde busca pelo aproveitamento integral das vacinas. Segundo ele, em casos de sobra de doses remanescentes, após a finalização das atividades de imunização, os vacinadores podem buscar nas imediações pessoas que estariam aptas a receber o imunizante. O prefeito, no entanto, ressaltou que a aplicação da dose tem como base o público alvo vigente, além de priorizar sempre a maior idade.

Em transmissão nas redes sociais, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) reforçou que não há possibilidade de existir "xepa" de vacinas contra a Covid-19 em Fortaleza. Segundo Aline Gouveia, secretária adjunta da pasta, as equipes realizam estratégias no decorrer do dia e no fim do dia para que o número de sobras de vacinas seja mínimo ou não exista. 

Hoje, 9, Fortaleza não está aplicando D1 por falta de estoque. Na Capital, interrupção da primeira dose já tinha ocorrido na quarta-feira, 7, quando só houve aplicação de segunda dose. Público geral voltou a ser agendado ontem, 8, para receber primeira dose.

Novos agendamentos, de acordo com o prefeito José Sarto (PDT), dependem da chegada de novos lotes. Ele destacou que a quantidade prevista na nova remessa para Fortaleza é reduzida. Um lote com vacinas CoronaVac chegou ao Ceará na madrugada desta sexta-feira. As 32.600 doses do imunizante produzido pelo Instituto Butantan desembarcaram no Aeroporto de Fortaleza por volta das 2h30min.