PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Ministério da Saúde explica que houve erro na embalagem da vacina entregue ao Ceará

No Ceará, 710 aplicações da vacina fora da validade teriam sido aplicadas em 60 municípios

Mirla Nobre
20:38 | 02/07/2021
Mais de 700 doses vencidas da vacina AstraZeneca contra Covid-19 teriam sido aplicadas em 60 municípios do Ceará  (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Mais de 700 doses vencidas da vacina AstraZeneca contra Covid-19 teriam sido aplicadas em 60 municípios do Ceará (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Atualizada às 22h55min

Entre os oitos lotes de vacinas vencidas da AstraZeneca entregues aos estados brasileiros, segundo levantamento da Folha de S.Paulo, divulgado nesta sexta-feira, 2, dois foram recebidos pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) para campanha de vacinação no Estado. Dentre esses dois lotes, um estava com erro na embalagem, explicou o Ministério da Saúde (MS) à pasta. O lote constava com a data de validade até maio deste ano, no entanto o vencimento se estendia para maio de 2022.

Os lotes recebidos pela secretaria da saúde do Estado são o 4120Z005, recebido em 23 de janeiro de 2021 e com validade em 14 de abril de 2021; e o CTMAV505, recebido em 26 de março de 2021, com validade em 31 de maio de 2021, este último com erro na embalagem apontado pelo MS.

O órgão federal explicou que, “apesar das vacinas terem vindo direto do laboratório produtor (AstraZeneca), na embalagem constava vencimento em 31/05/2021 e que nas notas de fornecimentos do Sistema de Insumos Estratégicos em Saúde (Sies), do Ministério, o prazo de validade está 31/5/2022. De acordo com o MS, a informação da Rede de Frio Nacional é de que a validade correta é em 31 de maio de 2022. Procurado pelo O POVO, o órgão ainda não retornou sobre maiores explicações sobre a distribuição dos imunizantes no Estado.

LEIA MAIS | Covid: centenas tomaram vacina vencida no Ceará e terão de receber novas doses

Vacina vencida

Nesta sexta-feira, 2, um levantamento divulgado pelo jornal Folha de S. Paulo, com base em informações do Ministério da Saúde, aponta que, no Brasil, 26 mil doses vencidas da vacina AstraZeneca contra a Covid-19 foram aplicadas em diversos postos de saúde. No Ceará, o número é de 710 aplicações em 58 municípios cearenses. A cidade de Potengi, a 496 km de Fortaleza, aparece com maior quantidade de doses aplicadas, 173, no total.

LEIA MAIS | Fortaleza teria aplicado 63 doses de AstraZeneca vencidas em 7 postos de saúde; veja quais

Em nota oficial, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informou que não distribuiu vacinas contra a Covid-19 fora da validade. O órgão ainda destaca que realiza a entrega dos imunizantes aos 184 municípios de acordo com a logística adotada no Ceará, por meio do Plano de Operacionalização para Vacinação contra a Covid-19. Na operação, a Sesa controla o envio dos imunizantes até sair da Central de Armazenamento e Distribuição (Ceadim) do Estado e destaca que orienta os municípios sobre a validade das vacinas.

Mais sobre vacinas vencidas