PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Camilo libera aulas no ensino médio, cinemas e mais público em academias: confira mudanças

Medidas não valem no Cariri, onde situação é mais grave

12:52 | 11/06/2021
Reunião definiu novo decreto sobre Covid-19 nesta sexta-feira, 11 de junho (Foto: REPRODUÇÃO/FACEBOOK)
Reunião definiu novo decreto sobre Covid-19 nesta sexta-feira, 11 de junho (Foto: REPRODUÇÃO/FACEBOOK)

Atualizada às 13h30min

O governador Camilo Santana (PT) anunciou nesta sexta-feira, 11 de junho (11/06), o novo decreto de isolamento social no Ceará. Haverá flexibilização nas várias regiões do Estado, com exceção do Cariri.

Veja as principais mudanças:

- Autorização para retomar aulas presenciais em escolas do ensino médio.

- Autorização para reabrir cinemas, museus e bibliotecas.

- Igrejas, templos, academias poderão funcionar com maior capacidade.

- Flexibilização para uso de espaços públicos, como praças e parques.

- Toque de recolher será mantido de recolher de 23 horas às 5 da manhã.

Acompanhe o pronunciamento:

 

Decretos na 2ª onda no Ceará

2º lockdown: o isolamento rígido em Fortaleza começou em 5 de março de 2021. No dia 13, decreto estadual estendeu as medidas para todo o Estado.

12 de abril: no dia 4 de abril, Camilo Santana anunciou o início da flexibilização no Ceará para o dia 12 de abril. Com a reabertura, foram permitidas algumas atividades de serviço e comércio em horários reduzidos, toque de recolher de segunda à sexta-feira e lockdown aos fins de semana. 

17 de abril: decreto anterior foi mantido, com liberação de atividades físicas individuais em espaços públicos.

23 de abril: flexibilização avança com liberações para escolas, igrejas, templos. barracas de praia e academias de ginástica. Lockdown continua aos sábados e domingos.

30 de abril: Camilo anuncia flexibilização aos sábados e domingos, com autorização para funcionamento de comércio e restaurantes. Na semana, as regras seguem as mesmas.

7 de maio: após quatro semanas de flexibilização, o Ceará não avança na reabertura, mantendo as medidas em vigor. Dois indicadores acenderam sinal de alerta: alto patamar de internações e aumento na positividade de exames

14 de maio: Região de Fortaleza e de Sobral avançam na flexibilização, com ampliação do horário de funcionamento das atividades comerciais. Cariri, Sertão Central e Litoral Leste/Jaguaribe continuam com as mesmas restrições.

22 de maio: decreto anterior é prorrogado mantendo ampliação Fortaleza e de Sobral e medidas mais rígidas nas outras três regiões do Estado

29 de maio: decreto amplia flexibilização no Sertão Central e Litoral Leste/Jaguaribe, que passam à mesma situação de Fortaleza e Sobral. Cariri mantém restrições

4 de junho: decreto amplia horário de funcionamento de shoppings e restaurantes até 22 horas e toque de recolher vai para 23 horas. Exceção é Cariri, onde restrições são mantidas