Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Whindersson Nunes fala sobre ajuda de Alok durante sua depressão

No especial "É De Mim Mesmo", disponível na Netflix, o humorista Whindersson Nunes falou sobre sua depressão
15:20 | Mar. 03, 2022
Autor Clara Menezes
Foto do autor
Clara Menezes Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Whindersson Nunes relatou suas dificuldades com a depressão no especial “É De Mim Mesmo”, disponível na Netflix. Ele estava em turnê mundial quando a pandemia começou e, na época, já estava se sentindo mal.

“Já estava mal, meio com depressão. Passei quase seis meses sem fazer nada, sem aparecer na televisão, sem fazer vídeo, sem trabalhar, sem fazer nada. Estava mal mesmo. Não queria fazer nada”, recorda.

Na época, chegou a falar com o Fantástico, programa da TV Globo, sobre a depressão. “Mas depois disso, tudo o que se falava de depressão, o povo falava: 'chama o Whindersson'. Que diabos é isso? Você ser o nome da depressão? Aí comecei a negar a ida nos programas de TV”, diz.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Naquele período, recebeu ajuda de Alok, que insistia para que o humorista saísse de casa. “O Alok foi falar comigo. Ele é um cara sensacional, gente boa demais, umas das pessoas com o coração mais legal que eu já vi na minha vida”, elogia.

“Ele queria ir lá em casa porque via que eu não queria sair. Ele queria me tirar de casa, dizia: 'vamos gravar, cara?', 'vamos conhecer o estúdio novo!'. E eu estava naquela de: 'não cara, não quero trabalhar, sair’”, lembra.

Mas o DJ fez um convite irrecusável: queria fazer o remix da música “Girassol”, uma parceria de Whindersson Nunes com Priscilla Alcantara. O humorista faturaria aproximadamente R$500 mil. “Eu disse: ‘meu amigo, vamos fazer amanhã’”, afirma.

O criador de conteúdo digital explicou que, durante suas crises de depressão, não queria sair de casa porque as pessoas não conseguiam entender o que estava acontecendo. “Você prefere ficar em casa porque, quando você sai, todo mundo fica dando uma opinião. Daí o pessoal ia na minha casa, mas, meu Deus do céu, parecia que eu estava pela hora da morte”.

Tenha acesso a reportagens especiais. Assine O POVO+ clicando aqui

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar