Cannes 2024: onde assistir aos filmes indicados à Palma de Ouro

Obras de Francis Coppola e do brasileiro Karim Aïnouz estão entre os indicados ao prêmio Palma de Ouro, no Festival de Cannes 2024

A 77ª edição do Festival de Cannes acontece de 14 a 25 de maio de 2024, com diversos filmes concorrendo ao principal prêmio da categoria de cinema do evento: a Palma de Ouro. Além da competência, a mostra marca a primeira exibição de vários filmes que estão concorrendo.

Confira onde assistir aos filmes indicados à Palma de Ouro.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Palma de Ouro: onde assistir aos filmes indicados

Durante o Festival de Cannes, 22 filmes serão exibidos na mostra competitiva. A maioria terá sua primeira exibição durante o evento. 

A expectativa é de que, em breve, as obras sejam inseridas no circuito mundial.

É o caso de Megalópolis, ficção científica que marca o retorno do diretor Francis Ford Coppola. O longa terá seu lançamento mundial em Cannes, no dia 17 de maio.

A produção segue em busca de uma distribuidora internacional para chegar até o circuito comercial.

Cannes: quais filmes estrearão no Festival?

  • “Motel Destino”, de Karim Aïnouz: o representante do Brasil na competição também estreará no festival. No entanto, ele deve ser lançado ainda em 2024 pela Pandora Filmes.

 

  • “The Apprentice” de Ali Abbasi, que conta a história de um jovem Donald Trump, no meio da construção de seu império imobiliário nos anos 1970 e 1980, também fará sua estreia em Cannes.
  • “Emilia Pérez” de Jacques Audiard: Dirigido pelo vencedor da Palma de Ouro de 2015, apresenta um thriller/musical ambientado no coração do tráfico de drogas do México, com Selena Gomez, Zoe Saldaña e Edgar Ramírez no elenco. A estreia no circuito mundial de cinema será em 28 de agosto de 2024.
  • “Marcello Mio”, de Christophe Honoré: Chiara é uma atriz e filha de Marcello Mastroianni e Catherine Deneuve. Em um verão, ela decide viver como seu pai. Ela se veste, fala e respira como ele com tanta convicção que os outros começam a chamá-la de “Marcello”. Estreia em Cannes em 22 de maio, sem previsão para chegar ao cinema mundial e serviços de streaming.
  • “The substance” de Coralie Fargeat: O filme, que marca o retorno da atriz Demi Moore, estreia no próximo dia 19 de maio, no Festival de Cannes. Não há previsão para a estreia mundial. Os direitos do filme foram adquiridos pela MUBI, produtora e distribuidora, e ele será lançado no serviço de streaming da empresa.

  • “Anora” de Sean Baker: A produção estreia em Cannes e ainda não tem previsão de quando chegará aos cinemas. É dirigido por uma das principais figuras do cinema independente, e conta a história de uma prostituta entre Nova York e Las Vegas.
  • “The Shrouds”, de David Cronenberg: Apresenta a história de Karsh, um empresário inovador e viúvo enlutado, que constrói um dispositivo para se conectar com os mortos após serem enterrados. A previsão de lançamento mundial é 25 de setembro.
  • “Grand Tour”, de Miguel Gomes: Conta a história de um funcionário público britânico em Mianmar, em 1917, que abandona sua noiva para fazer uma grande viagem pela Ásia. Participará do Festival de Cannes, no dia 22 de maio, e do Festival de Cinema de Sidney, em junho deste ano. Não há previsão para o lançamento no cinema ou streaming.
  • “Bird” de Andrea Arnold: O filme foi indicado a duas categorias do Festival de Cannes 2024 e seu lançamento no festival será em 16 de maio. Conta a história de Bailey (Nykiya Adams), uma adolescente de 12 anos, que busca atenção em outros lugares já que seu pai, Bug (Barry Keoghan), não tem tempo para os filhos.
  • “Caught by the tides”, de Jia Zhang-Ke: Faz sua estreia no dia 18 de maio no Festival de Cannes, contando a história de Uma mulher chinesa que vive em silêncio, celebrando a próspera Belle Époque com músicas e danças. Não há previsão para a chegada aos cinemas.

Cannes: 6 brasileiros já ganharam no festival; confira premiados

  • “All we imagine as light”, de Payal Kapadia: Conta a história dos relacionamentos da vida de duas mulheres, uma delas uma enfermeira de Mumbai envolvida em um casamento forçado. Por enquanto, ele estreia apenas no Festival de Cannes, em 23 de maio.
  • “Kind of Kindness”, de Yorgos Lanthimos: O filme é estrelado por Emma Stone, que interpreta uma mulher que volta diferente após desaparecer no mar. A previsão de estreia nos cinemas brasileiros é 21 de junho de 2024.
  • “L'amour ouf”, de Gilles Lellouche: O ator e diretor francês acompanha o relacionamento improvável de um casal, que está fadado ao fracasso quando ele acaba se tornando um criminoso e passa 12 anos na prisão. O filme será lançado nos cinemas da França em 16 de outubro de 2024 e não há previsão para a estreia no Brasil.
  • “Diamant Brut”, de Agathe Riedinger: Filme de estreia da diretora francesa, sobre os sonhos e utopias de uma adolescente nas redes sociais no sul da França. Terá sua estreia no Festival de Cannes em maio, já nos cinemas franceses em 9 de outubro. Não há previsão para a estreia nos cinemas brasileiros.
  • “Oh Canada”, de Paul Schrader: Apresenta a história de um famoso documentarista, próximo da morte, concede uma última entrevista a um de seus discípulos. Pode chegar aos cinemas entre 2024 e 2025. Enquanto isso, ele será exibido no Festival de Cannes.

  • “The Most Precious of Cargoes” de Michel Hazanavicius: Primeiro filme de animação em competição desde “Valsa com Bashir” (2008), o longa-metragem conta a história de um bebê jogado do trem que transportava seus pais judeus para Auschwitz e é encontrado por um casal polonês. A estreia no Festival de Cannes está marcada para o dia 24 de maio, e a obra não tem previsão de lançamento mundial.
  • “The seed of the sacred fig” de Mohammad Rasoulof: A história mostra Iman, um juiz de instrução do Tribunal Revolucionário de Teerão, que luta contra a desconfiança e a paranóia à medida que os protestos políticos nacionalmente se intensificam e a sua arma desaparece misteriosamente. O elenco foi proibido pelas autoridades de deixar o Irã para comparecer a Cannes. A obra deve estrear no Festival no dia 24 de maio. Não há previsão para o lançamento mundial.
  • “Limonov, The Ballad of Eddie”, de Kirill Serebrennikov: Uma biografia novelizada do escritor e político dissidente russo Eduard Limonov, que fundou o Partido Nacional Bolchevique. Sua estreia no Festival de Cannes 2024 será em 19 de maio.
  • “Three kilometres to the end of the world”, de Emanuel Parvu: A história de um adolescente homossexual em uma localidade conservadora da Romênia. A estreia será no Festival de Cannes, sem previsão para ir ao circuito de cinema ou streaming.
  • “Parthenope”, de Paolo Sorrentino: Filma os amores impossíveis de uma jovem mulher em uma história ambientada em Nápoles. O lançamento mundial será no dia 21 de maio, mas o filme não tem previsão de estreia nos cinemas brasileiros.

  • “The girl with the Needle”, de Magnus Von Horn: Um filme de época sobre a história de Dagmar Overbye, que assassinou dezenas de bebês recém-nascidos em Copenhague na década de 1910 e condenado à prisão perpétua. Também compete pela Palma de Ouro, em Cannes, no dia 15 de maio.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar