Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Rammstein: um novo álbum e uma despedida?

Há três anos os fãs esperam algo de novo dos músicos da "Nova Dureza Alemã". Agora chegou a hora, e logo a banda começa uma turnê mundial. Mas um clima de fim dos tempos assombra os títulos e as letras do disco "Zeit"
00:02 | Mai. 04, 2022
Autor DW
Tipo Notícia

Será que eles ficaram mais mansos com a idade? Será até um álbum de despedida? O fã-clube do Rammstein antecipou com ansiedade o lançamento, na sexta-feira, 29 de abril, do novo disco da banda alemã, Zeit (Tempo) – e ao mesmo tempo está confuso. Pois as canções irradiam um ar de fim dos tempos, e a campanha promocional foi relativamente calma.

Não há dúvida que, mais uma vez, o grupo foi ultra criativo com suas ações de publicidade, mas houve quebra de tabus, como por ocasião do disco anterior, sem título, quando uma breve sequência de vídeo sugerindo uma cena de execução num campo de concentração nazista causou celeuma. Desta vez houve agitação, no máximo, com os anúncios sucessivos dos novos singles, espaçados de quatro semanas: por fim os fãs escutavam algo novo do Rammstein, depois de três anos de abstinência de estúdios e uma giga-turnê por duas vezes adiada.

Zeit e Zick Zack

Durante a pandemia de covid-19, os roqueiros se retiraram a um estúdio na região francesa da Provença para trabalhar no novo repertório. Nesse ínterim, o vocalista e compositor Till Lindemann chamou a atenção com uma cooperação bastante inusitada, ao lançar, em novembro de 2021, um dueto com a cantora francesa Zaz. Em março de 2022, então, vieram à tona os primeiros sons: o single Zeit antecipava o homônimo oitavo álbum dos representantes da Neue Deutsche Härte, a "Nova Dureza Alemã".

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O texto trata do desejo de que o tempo pare, de não estar ainda pronto para se ir. Mas a morte não quer saber disso. Um vídeo mostra cenas correndo de trás para a frente, com soldados e partisans, partos, gente agonizante. A morte é onipresente, de manto negro com capuz, uma figura sem rosto, mas que não inspira medo. Um número mais para reflexivo, em que está ausente o som carga pesada tão típico da banda.

O segundo single chegou em abril: "Zick Zack" traz Rammstein em seu elemento musical, acompanhando as usuais rimas incisivas, brutais, de Lindemann. Aqui os músicos prestam contas com a mania de beleza. Também essa canção foi anunciada com grande alarde, inclusive a fake news de que os metaleiros teriam aberto uma clínica de estética em Berlim. Acompanhando a música, lançou-se uma revista de beleza, incluindo um CD compacto de duas faixas.

Vendido numa banca do Rammstein especialmente montada na praça Alexanderplatz, no leste berlinense, o Zick Zack Magazin logo estava esgotado.

Vendas de meia-noite e maus presságios

Com a mesma rapidez deverão também desaparecer os discos que a livraria Dussmann de Berlim coloca à venda a partir da meia-noite de 29 de abril. "Zeit" será lançado como CD standard e em edição especial, e em vinil. Acompanhando os suportes, os primeiros 500 compradores ganham um poster em formato A1. E para os fãs de todo o mundo, já na véspera há a chance de escutar todas as 11 canções do álbum no cinema, em som surround Dolby Atmos.

Os 11 títulos prometem: onde se lê "Rammstein", vai haver Rammstein. "Exército dos desolados", "Negro", "Venenoso", "Minhas lágrimas", "Medo", "Mentiras". No entanto, muitas canções também sugerem que esse seja o último álbum da banda. "Quando nosso tempo chega, então é hora de ir. Parar quando é mais bonito, os relógios estacam", diz uma delas.

A última faixa do disco se chama "Adieu", e no verso "Até mesmo o sol vai se extinguir" paira uma alusão a Sonne (Sol), de 2001. Outro trecho – "Uma última canção, um último beijo, nenhum milagre vai acontecer" – tampouco prenuncia coisas boas. Por ora, contudo, começa uma grande turnê dos estádios. Centenas de milhares de fãs, que há dois anos têm seus ingressos guardados na gaveta, poderão finalmente utilizá-los. A temporada começa em 15 de maio em Praga e termina e 4 de agosto em Ostende, na Bélgica. A partir de 21 de agosto, o Rammstein se apresenta no continente americano, do Canadá ao México. (Silke Wünsch/ DW)

Podcast Vida&Arte
O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker. Confira o podcast clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar