Participamos do

Filme "Bob Cuspe" cria campanha de financiamento para concorrer ao Oscar

O filme de animação brasileiro "Bob Cuspe, Nós Não Gostamos de Gente", dirigido por César Cabral, está com uma campanha de financiamento coletivo aberta no Catarse
17:03 | Dez. 21, 2021
Autor Clara Menezes
Foto do autor
Clara Menezes Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O filme brasileiro “Bob Cuspe, Nós Não Gostamos de Gente” pode concorrer a uma indicação no Oscar 2022. A produção nacional está elegível para a categoria de “Melhor Filme de Animação”, segundo a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, a organizadora da premiação.

Com o objetivo de divulgar o longa-metragem nos Estados Unidos, a produtora independente Coala Filmes abriu uma campanha de financiamento coletivo na plataforma Catarse.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

“O Governo Federal costumava ter um valor reservado para ajudar filmes brasileiros que conseguissem se qualificar para essa corrida pro Oscar, mas isso ‘já era’ faz uns aninhos, então hoje em dia ou contamos com a ajuda de quem realmente se importa com a cultura brasileira ou ficamos sozinho”, indica o texto da Coala Filmes.

Leia também | Confira mais histórias e críticas na coluna Cinema&Séries, com João Gabriel Tréz 

O objetivo do projeto é convencer os profissionais da indústria cinematográfica a assistirem “Bob Cuspe” antes de votar em outras animações. “Nossa distribuidora nos EUA já está nos ajudando, temos uns parceiros locais que também estão nos apoiando, mas, para fazer uma campanha pré-Oscar que seja efetiva, como diriam os Skrotinhos: ‘ainda estamos precisando de uns 200 paus'”, afirma.

A meta é arrecadar R$200.000 até 10 de janeiro do próximo ano. Há investimentos que variam entre R$60 até R$50.000. Entre as recompensas, há livros, cartões postais, ingressos, bonecos colecionáveis e outras.

A animação stop motion mistura elementos da comédia, do documentário e do road-movie. Uma adaptação do famoso personagem do cartunista Angeli, a história mostra um velho punk que tenta escapar de um deserto pós-apocalíptico. O lugar é, na verdade, um purgatório dentro da mente de seu criador em crise criativa.

O enredo evidencia o processo de criação do artista, que começa a revisitar seu passado em busca de inspirações. As vozes do elenco são de Milhem Cortaz, Paulo Miklos, André Abujamra, Grace Gianoukas e Laerte.

Colunistas sempre disponíveis e acessos ilimitados. Assine O POVO+ clicando aqui

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags