Participamos do

Xuxa reencontra ator Marcelo Ribeiro, com quem gravou "Amor, Estranho Amor"

Xuxa reencontrou o ex-ator mirim Marcelo Ribeiro durante as gravações de um documentário sobre a carreira de Xuxa. Ambos contracenaram uma cena erótica na trama que gerou polêmicas
19:53 | Dez. 06, 2021
Autor Mateus Brisa
Foto do autor
Mateus Brisa Estagiário
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A apresentadora Xuxa Meneghel, 58, reencontrou o ex-ator mirim Marcelo Ribeiro, com quem contracenou em cena erótica de “Amor, Estranho Amor”, filme de 1982. Nas filmagens, a artista tinha 18 anos e Ribeiro tinha 12, por isso a cena se tornou polêmica por ter sido realizada com um menor de idade, gerando acusações de pedofilia e pornografia.

O encontro da dupla aconteceu no contexto das gravações de um documentário sobre a carreira de Xuxa, que será lançado no Globoplay e está sendo encabeçado por Pedro Bial. Conforme informações da Patrícia Kogut, colunista do jornal O Globo, o jornalista também promoveu uma reunião entre a apresentadora e sua ex-agente Marlene Matos, com quem teve uma conturbada relação profissional.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Xuxa e Marcelo assistiram à controversa cena juntos, ao lado de Bial, para conversarem sobre o assunto, durante uma cena do documentário. Até 2018, a gaúcha pagou mais de R$ 345 mil por ano para possuir os direitos do filme, e também conseguiu na Justiça impedir a distribuição do filme em vídeo após a exibição nos cinemas. A obra foi transmitida na televisão pela primeira vez em fevereiro deste ano, no Canal Brasil.

“Filme errado com a pessoa errada”, diz Marcelo Ribeiro

Na trama de “Amor, Estranho Amor”, Xuxa interpreta Tamara, uma adolescente de 15 anos vendida para um prostíbulo. O personagem de Marcelo, chamado Hugo, tem 12 anos na trama e se envolve com Tamara. Hoje especialista de tecnologia da informação, Marcelo analisou que a obra virou controversa devido à classificação indicativa.

Em entrevista ao canal “Na Lata”, do YouTube, em fevereiro, Marcelo também revelou ter perdido trabalhos à época em razão do filme: “Sempre fui julgado por aquele papel que atuei. Eu não fiz nada. Só atuei. Fiz o filme errado com a pessoa errada e com o tema errado. As pessoas julgam”. “Eu não poderia ter sido inserido em um negócio pior na minha vida. Meu sonho era ser ator. Eu gostaria muito de ter feito vários trabalhos e ter seguido a minha vida como ator”, complementou.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags