PUBLICIDADE
Vida & Arte
Noticia

Mostra virtual traz espetáculos e bate-papos a partir de sexta, 19

A 10ª edição da Mostra Dragão do Mar de Arte e Cultura de Canoa Quebrada acontecem em formato on-line, entre sexta-feira, 19, e terça-feira, 23

14:00 | 17/02/2021
Grupo Corpos Teatro Independente apresenta 'Palha Assada' (Foto: Ana Cândida)
Grupo Corpos Teatro Independente apresenta 'Palha Assada' (Foto: Ana Cândida)

Quando Francisco José do Nascimento nasceu em Canoa Quebrada, em meados de 1839, ninguém imaginava que aquele menino se tornaria um importante símbolo do imaginário cearense. Perdeu o pai ainda na infância e foi morar com outra família. Ao crescer, trabalhou na construção do porto de Fortaleza e virou chefe dos condutores de bote. Nesta posição, paralisou o mercado escravista da época por liderar uma das greves contra a comercialização de escravos para outras capitanias brasileiras. Foi assim que o então trabalhador portuário se transformou no Dragão do Mar. Com o objetivo de prestar homenagens ao seu legado e à praia em que cresceu, a Mostra Dragão do Mar de Arte e Cultura de Canoa Quebrada acontece entre sexta-feira, 19, e terça-feira, 23.

Neste ano, o evento comemora sua 10ª edição em formato on-line. Com bate-papos, apresentações artísticas e relatos de participantes, a iniciativa busca trazer as experiências presenciais mesmo à distância. “Foi um processo desafiador, porém, nesse formato, o evento será visto por mais pessoas. Com isso, ganharemos mais visibilidade”, explica Rosângela Santos, que idealizou e produziu a mostra ao lado de Edvando Ferreira.

Leia também | Projeto Palavras apresenta recital poético, lançamento de livros e encontro com autores

A proposta é extrapolar as barreiras impostas pelo meio físico e chegar a quem normalmente não teria acesso ao evento. “As expectativas são muito boas, porque o público vai ser aquele que está em casa por causa das restrições dos decretos. Mas ele pode esperar a mesma qualidade de espetáculos e informações em relação às experiências das outras edições’, comenta a idealizadora.

Os conteúdos serão transmitidos no canal do Youtube da iniciativa, sempre a partir das 17 horas. Nas atrações, marcam presença A Trupe do Carrapicho; Laguz Circo e Teatro; Circo Além da Lona, de São Paulo; Cia Lamparim; Grupo Desequilibradoz; Grupo Nós Mimo, do Rio Grande do Sul; K'Os Coletivo; Sâmia Bittencourt; Grupo Corpos Teatro Independente; e Cia Plural.

Leia também | Com tema "Poéticas de Travessia" em 2021, Porto Iracema das Artes oferta 165 vagas para cursos gratuitos

Além disso, haverá conversas com o coordenador de Conhecimento e Formação da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), Ernesto Gadelha; o idealizador e gestor do Festival Internacional do Circo do Ceará, Ângelo Márcio; e o gestor do Curta Canoa, Adriano Lima.

Durante a programação, Aline Campelo e Aldrey Rocha, do K'OS Coletivo, apresentam “O Maior Show da Terra”. “O espetáculo foi idealizado pensando em números clássicos de palhaços e palhaças. Visitamos várias histórias, pesquisamos e inserimos alguns outros elementos que trabalhamos hoje no grupo, como a questão da música", afirma Aldrey.

Leia também | Festival Finos Filmes abre inscrições para curtas até 7 de março

O trabalho, que já surgiu em um contexto de pandemia, foi pensado exclusivamente para o virtual. “Vamos mostrar uma paródia dessas grandes artistas, uma caricatura. Brincamos com isso: com as habilidades que os palhaços não têm”, continua. O conteúdo é destinado para todas as idades.

Grupo K'OS Coletivo apresenta o espetáculo 'O Maior Show da Terra'
Grupo K'OS Coletivo apresenta o espetáculo 'O Maior Show da Terra' (Foto: Divulgação)

Essa não foi a única ação exclusivamente estruturada para o on-line durante o isolamento social. Desde março do ano passado, o grupo realiza transmissões ao vivo e adapta espetáculos para a linguagem da internet. “Colocamos em prática algo que, por falta de tempo, não estávamos conseguindo fazer antes, que é nosso canal de vídeos cômicos. Surgiu assim o canal 'Clube da Comicidade'. Estamos postando com bastante frequência”, explicita Aline Campelo.

Leia também | BTS participa de edição especial do "Acústico MTV" no dia 23 de fevereiro

Outra apresentação que estará disponível durante a mostra será “A Mulher Mais Forte do Mundo”, da atriz Sâmia Bittencourt. Durante seus processos de pesquisa, conheceu a história da austríaca Kate Sandwina (1884 - 1954), que trabalhou em circos famosos de sua época.

“Ela é a inspiração (do espetáculo). Registros fotográficos dela em suas demonstrações de força serviram para eu encontrar uma dramaturgia corporal. Na minha trajetória, ela vem para reforçar este lugar da mulher na cena circense. Por isso, resolvi ter toda autonomia de ir para a rua com um espetáculo solo”, indica Sâmia Bittencourt.

Sâmia Bittencourt apresenta o espetáculo 'Sandwína, A mulher mais forte do mundo'
Sâmia Bittencourt apresenta o espetáculo 'Sandwína, A mulher mais forte do mundo' (Foto: Marina Cavalcante)

Apresentar na internet, entretanto, é um processo que implica várias questões. “Enquanto palhaça, o público interage diretamente com o nosso fazer. Está sendo meio difícil, porque isso mexe com a dramaturgia da cena e com o tempo. Fazer sem público é criar uma cena diferente. É desafiador, mas não impossível”, ressalta.

Programação completa

Sexta-feira, 19
- Bate-papo com Edvando Ferreira e Rosângela Santos, idealizadores e gestores da Mostra Dragão do Mar de Arte e Cultura de Canoa Quebrada
- Espetáculo “Suspiros e Burbujas”, da Companhia Laguz
- Depoimento de Christian Matias
- Espetáculo “PALHA ASSADA”, do Grupo Corpos de Teatro Independente

Sábado, 20
- Bate-papo com ngelo Márcio, idealizador e gestor do Festival Internacional de Circo do Ceará
- Documentário “Dragão do Mar”
- Espetáculo “A Mulher Mais Forte do Mundo”, de Sâmia Bittencourt
- Espetáculo “O Maior Show da Terra”, do K’Os Coletivo

Domingo, 21
- Bate-papo com Adriano Lima, idealizador e gestor do Curta Canoa
- Espetáculo “Amanhã Tem Mais”, do Além da Lona
- Depoimento de Bené Tavares
- Espetáculo “A Dupla Dinâmica de Dois”, da Cia Lamparim

Segunda-feira, 22
- Hino de Canoa Quebrada por Alexandre Caldas
- Bate-papo com Ernesto Gadelha, gestor público e coordenador de Conhecimento e Formação da Secult
- Espetáculo da A Trupe do Carrapicho
- Depoimento de Aldamir Miranda
- Espetáculo "Um conto em cada canto: Uma nova esperança", do Grupo Nós Mimo

Terça-feira, 23
- Bate-papo com Rene Dino, analista socioambiental do Instituto Nordeste Cidadania (Inec)
- Depoimento de Rosineide Costa
- Espetáculo “Junto e Misturado”, do grupo Desequilibradoz
- Espetáculo “Em Construção”, do Teatro Plural de Artes Cênicas

Mostra Dragão do Mar de Arte e Cultura de Canoa Quebrada

Quando: entre sexta-feira, 19, e terça-feira, 23, a partir das 17 horas
Onde: no canal do Youtube da Mostra
Mais informações: no perfil do Instagram @mostradragaocq