PUBLICIDADE
Noticia

Com Djamila Ribeiro e Lira Neto, festival virtual reúne escritores para debater o Brasil por meio da literatura

Com nomes da literatura nacional, Festival Na Janela, promovido pela Companhia das Letras, tem início nesta quinta-feira, 21, e irá debater questões sobre o cenário atual do Brasil

Lillian Santos
18/05/2020 14:03:53
A filosofa, Djamila Taís Ribeiro dos Santos.
A filosofa, Djamila Taís Ribeiro dos Santos. (Foto: Divulgação)

Com início na quinta-feira, 21, o Festival Na Janela, promovido pela editora Companhia das Letras, reunirá doze autores nacionais para debater sobre a literatura de não ficção e discutir a situação atual do Brasil a partir de suas obras. Os bate-papos virtuais ocorrem até domingo, 24, e serão transmitidos pelo canal do Youtube da Companhia das Letras.

Ailton Krenak, Heloisa M. Starling, Djamila Ribeiro, Lilia Schwarcz e o cearense Lira Neto estão entre os escritores convidados para a segunda edição do Festival Na Janela, da Companhia das Letras. A primeira edição ocorreu no fim do mês de abril, com participação de Jarid Arraes, Paulo Scott, João Silvério Trevisan e Natalia Borges Polesso, Carol Bensimon, Michel Laub, Luisa Geisler, Miguel Del Castillo, Ana Paula Maia e Daniel Galera sobre a literatura brasileira no geral.

As transmissões virtuais da segunda edição do Festival Na Janela acontece desta quinta-feira a domingo sempre com participação de um outro autor nacional na mediação. Na quinta-feira, 21, o evento de estreia terá participação do escritor israelense Yuval Noah Harari, autor de “Sapiens: Uma breve história da humanidade”, e será mediada pelo jornalista Andre Petry. Com início às 19 horas, a entrevista seguirá com exibição do vídeo da participação do autor de um evento da Cia das Letras, ocorrido em novembro de 2019, durante sua passagem por São Paulo.

Leia também | Qual o impacto do coronavírus na geopolítica mundial?

Na sexta-feira, 22, as escritoras Lilia Schwarcz e Heloisa M. Starling, autoras de “Brasil: Uma Biografia” participam da transmissão com mediação da jornalista e também escritora Patrícia Campos Mello. Historiadora e antropóloga, Lilia Schwarcz é autora de “Lima Barreto: triste visionário”, livro perfil do autor de “Triste fim de Policarpo Quaresma”, considerado um dos mais importantes prosadores da língua portuguesa. Uma de suas mais recentes publicações, “Sobre o autoritarismo brasileiro”, Lilia percorre história do Brasil e a formação da sociedade. Com a temática ‘A república em frangalhos’, Heloisa M. Starling, uma das cinco finalista do 61° Prêmio Jabuti  com o livro “Ser republicano no Brasil colônia: a história de uma tradição esquecida”, participa da entrevista junto a Lilia Schwarcz, que tem início às 17 horas.

A programação do Na Janela segue no sábado, 23, com diversos convidados que dividem-se em três transmissões online. A primeira ocorre às 15 horas, com Laura Mattos e Adriana Negreiros - autora de “Maria Bonita: Sexo, violência e mulheres no cangaço”, que narra a história do cangaço a partir da perspectiva das mulheres

Assista entrevista com Adriana Negreiros, durante sua passagem por Fortaleza, em agosto de 2018:

Já às 17 horas, Heloisa Buarque de Hollanda e Djamila Ribeiro se encontram para debater sobre Feminismos. Autora de “Explosão Feminista: Arte, cultura, política e universidade”, Heloísa elabora um panorama da onda feminista no Brasil de 2013 até os dias atuais. Autora de “O que é lugar de fala” e “Quem tem medo do feminismo negro?”, e um dos nomes mais conhecidos do ativismo negro e feminista no Brasil, Djamila Ribeiro participa, novamente, do evento virtual realizado pela Companhia das Letras. A conversa com as autoras terá mediação da jornalista Giulliana Bianconi.

Leia tambémDica de leitura para a quarentena, confira a resenha do livro "Pequeno Manual Antirracista"

Finalizando a agenda de transmissões do sábado, Flavio dos Santos Gomes, autor de “Dicionário da escravidão e liberdade” e Wlamyra R. de Albuquerque, de “O que há de África em nós”, debatem sobre historias negras, com mediação de João Jose Reis, às 19 horas.

No domingo, 24, o jornalista Mario Magalhães, autor de “Marighella: O guerrilheiro que incendiou o mundo” e “Sobre lutas e lágrimas: Uma biografia de 2018” participa do bate-papo junto com o escritor cearense Lira Neto. Autor das biografias de Maysa, Castello Branco, José de Alencar e Getúlio Vargas (publicação que rendeu ao escritor o Prêmio Jabuti em 2014), Lira Neto foi editor do Vida & Arte em 1992 e 1999. Os autores participam do debate ‘Biografias brasileiras’, que inicia às 15 horas, com mediação da jornalista Karla Monteiro.

Leia também | "O poder não gosta do jornalismo"

A segunda edição do Festival Na Janela encerra no domingo, às 17 horas, com participação dos escritores Ailton Krenak e Sidarta Ribeiro. O bate-papo ‘Sonhos para adiar o fim do mundo’ será mediado pela jornalista e roteirista Carol Pires. Autor de “Oráculo da Noite”, o neurocientista Sidarta Ribeiro compartilha a entrevista junto com Ailton Krenak, líder indígena autor de “O Amanhã Não Está à Venda”. Publicado pela Companhia das Letras, o livro reúne reflexões de Krenak acerca da pandemia do Coronavírus e pode ser adquirida gratuitamente em formato de eBook pela Amazon.

Leia também | Crônica 'Dentro de abril', por Socorro Acioli 

Confira programação do Festival Na Janela

Quinta-feira, 21
19 horas - Entrevista com Yuval Noah Harari. Mediação de Andre Petry

Sexta-feira, 22
17 horas - A republica em frangalhos
Com Lilia Moritz Schwarcz e Heloisa M. Starling. Mediação de Patricia Campos Mello

Sábado, 23
15 horas - Cultura popular e repressão
Com Laura Mattos e Adriana Negreiros. Mediação de Thiago Amparo

17 horas - Feminismos
Com Heloísa Buarque de Hollanda e Djamila Ribeiro. Mediação de Giulliana Bianconi

19 horas - Historias negras
Com Flávio dos Santos Gomes e Wlamyra R. de Albuquerque. Mediação de João Jose Reis

Domingo, 24
15 horas - Biografias brasileiras
Com Mario Magalhães e Lira Neto. Mediação de Karla Monteiro

17 horas - Sonhos para adiar o fim do mundo
Com Ailton Krenak e Sidarta Ribeiro. Mediação de Carol Pires

Onde: canal do Youtube da Companhia das Letras