PUBLICIDADE
Tecnologia
NOTÍCIA

WhatsApp: mensagem que promete presentes da Amazon é falsa

Texto que circula no aplicativo diz que aniversário de 30 anos da Amazon dará produtos grátis; correntes que exigem compartilhar link pelo WhatsApp são enganosas

Bemfica de Oliva
20:13 | 22/03/2021
Suposta promoção de 30 anos da Amazon que circula em mensagem do WhatsApp é falsa (Foto: Reprodução)
Suposta promoção de 30 anos da Amazon que circula em mensagem do WhatsApp é falsa (Foto: Reprodução)

Uma mensagem tem circulado no WhatsApp nos últimos dias prometendo produtos grátis, em nome da loja online Amazon. A corrente, no entanto, é falsa, e não entrega nenhum "presente" da empresa.

LEIA TAMBÉM | Confira dicas para ficar seguro na internet após um dos maiores vazamentos de dados do Brasil

No texto, o site supostamente estaria selecionando 100 usuários para ganhar um celular da marca Huawei, em ação comemorativa aos 30 anos de fundação da loja. No entanto, ao clicar no link, a pessoa é encaminhada para um site com diversos erros de tradução e cujo endereço não tem relação com a Amazon, indicando que não se trata de algo legítimo.

Por fim, ao completar o processo no site, é solicitado compartilhar a mensagem com contatos no WhatsApp. Esta etapa é comum em golpes do tipo, e tem como objetivo fazer com que a própria vítima ajude a espalhá-los.

Golpes do WhatsApp pedem que link seja enviado a outras pessoas


A exigência de enviar o link a outras pessoas é um forte indicativo de que supostas promoções e cadastros são, na verdade, golpes. Isso porque, como as mensagens do aplicativo são criptografadas, nem o próprio WhatsApp consegue ter acesso ao conteúdo delas. Ou seja: nenhuma suposta promoção poderia ser ativada ao "encaminhar para cinco pessoas", pois o site da promoção não teria como saber se a mensagem foi de fato encaminhada.

Entre os pretextos usados, podem estar promoções oferecendo produtos grátis, cadastros do governo e até mesmo impedir a aplicação das novas regras do WhatsApp. No entanto, nenhuma dessas ações é real, e são usadas somente para o roubo de dados.

É importante se atentar a golpes aplicados na internet, pois eles podem ser usados para diversos fins maliciosos, como contratar serviços no nome da vítima e mesmo pedir dinheiro a amigos e familiares. O Brasil é o país com mais vítimas de golpes virtuais no mundo inteiro - somente a clonagem de números do WhatsApp já havia atingido cerca de três milhões de brasileiros entre janeiro e julho de 2020.

MAIS SOBRE GOLPES VIRTUAIS


>> Confira dicas para se prevenir contra golpes no WhatsApp

>> Golpes no Instagram: restaurantes são usados com promoções falsas; saiba como se proteger

>> Golpe do WhatsApp: abono Emergencial de Natal de R$ 800 é mentira; entenda