Participamos do

Com mandado de prisão em aberto, Allan dos Santos dá entrevista à Jovem Pan

Durante a conversa, no programa "Pânico", Allan direcionou ataques ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, a quem chamou de "psicopata" e "tirano"
02:29 | Nov. 23, 2021
Autor Maria Eduarda Pessoa
Foto do autor
Maria Eduarda Pessoa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O blogueiro bolsonarista Allan dos Santos concedeu entrevista ao programa Pânico, da Jovem Pan, nesta segunda-feria, 22. A aparição acontece após o blogueiro se tornar alvo de mandado de prisão preventiva e extradição determinados pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF. Durante a conversa, Allan inclusive direcionou ataques ao magistrado, a quem chamou de “psicopata” e “tirano”.

O blogueiro, que está nos Estados Unidos, teve sua prisão preventiva determinada por Moraes em outubro. Mais recentemente, o pedido de extradição para o Brasil, também orientado pelo ministro, foi recebido pelo governo americano. Além disso, segundo a determinação, seu nome será encaminhado para a lista de Difusão Vermelha da Interpol.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Na entrevista, Allan afirmou que o pedido de extradição é “sem fundamentação jurídica” e alegou ser vítima de censura. Ao falar sobre a decisão de Alexandre de Moraes, o blogueiro acusou o ministro de agir arbitrariamente:

“Isso tem que sair da mão desse psicopata. O problema é que, de acordo com as próprias regras do STF, nenhum ministro pode interferir nas decisões monocráticas de outro. (...) Está tudo no colo do Alexandre de Moraes, ele está gostando disso, todo psicopata gosta de achar que tem poder. É um tirano, que está ali fazendo o que quer”, disse o blogueiro.

O administrador do portal Terça Livre é alvo de dois inquéritos no STF: um que apura a divulgação de notícias falsas e ataques a integrantes da Corte, e outro que investiga a atuação de uma suposta milícia digital que age para enfraquecer a instituições democráticas.

Atendendo a um pedido da Polícia Federal, o ministro Alexandre de Moraes determinou a prisão preventiva do blogueiro e orientou que o Ministério da Justiça desse início ao procedimento de extradição para o Brasil. Allan está nos Estados Unidos desde agosto de 2020.

Na decisão, Moraes também determinou o bloqueio de todas as contas bancárias de Allan e de sua empresa, além de proibir remessas de dinheiro para o exterior. O ministro orientou ainda que a Casa Civil e o Ministério das Comunicações fossem notificados para que suspendessem o repasse de dinheiro público para o blogueiro.

Mais notícias de Política

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags