Participamos do

R$ 1 bilhão: iate com duas toneladas de cocaína é capturado na Inglaterra

Operação conjunta entre polícias da Inglaterra e da Austrália interceptou iate de luxo e prendeu seis pessoas; carga foi avaliada em £ 160 milhões, mais de R$ 1 bilhão
03:32 | Set. 13, 2021
Autor Bemfica de Oliva
Foto do autor
Bemfica de Oliva Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Uma operação conjunta entre polícias da Inglaterra e da Austrália interceptou um iate de luxo na costa britânica na última quinta-feira, 9. Na embarcação foram encontradas mais de duas toneladas de cocaína.

Seis homens, com idades entre 24 e 49 anos, estavam a bordo do navio Kahu, de bandeira jamaicana, que vinha do Caribe. Um é britânico e os outros cinco são nicaraguenses. Eles foram presos e serão julgados nesta segunda-feira, 13.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

De acordo com a Agência Nacional de Crimes (NCA, na sigla em inglês) do Reino Unido, a carga tem valor estimado em 160 milhões de libras esterlinas. Na conversão direta, a quantia equivale a mais de R$ 1 bilhão.

Iate com drogas foi descoberto em operação internacional

A captura seguiu informações obtidas pela operação Ironside, realizada por agências policiais de diversos países. Ela se baseou em um aplicativo chamado AnOm, supostamente de comunicações criptografadas, que foi distribuído por infiltrados do Departamento Federal de Investigações (FBI) dos Estados Unidos para uso por grupos do crime organizado.

Em vez de realizar a criptografia das mensagens, porém, o aplicativo copiava o conteúdo para o FBI e a polícia federal australiana. A operação para interceptar o iate foi organizada com informações obtidas pelo AnOm.

Veja vídeo da apreensão de 2 toneladas de cocaína em iate

Mais notícias internacionais

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags