Edifício São Pedro: demolição é concluída e escombros começam a ser retirados

Escombros do Edifício São Pedro estão compactados no andar térreo e os entulhos devem ser retirados até o mês de junho

A demolição do Edifício São Pedro, localizado na Praia de Iracema, em Fortalezaestá concluída. Na manhã desta segunda-feira, 20, as últimas paredes que restavam do primeiro pavimento do prédio foram derrubadas. Agora, as intervenções devem se concentrar na retirada dos escombros do terreno, sendo finalizadas no mês de junho, conforme informou o secretário de Infraestrutura Municipal, Samuel Dias.

Quem passa no entorno das ruínas do icónico edifício já não avista as paredes parcialmente quebradas erguidas. Agora, o que predomina no espaço são as máquinas escavadeiras que trafegam sob um grande monte de areia compactada. De acordo com Samuel Dias, o material é o que restou da demolição dos seis pavimentos superiores da edificação.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

“À medida que os andares superiores foram demolidos, a demolição foi descendo para os andares inferiores. É como se toda a estrutura fosse sendo compactada no térreo. No final, fica uma grande montanha de resíduos”, relatou. Segundo ele, atualmente a obra está com 80% dos serviços concluídos.

A Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf) informou que após os serviços de limpeza no local, serão restituídas as vias do entorno (avenida Beira Mar; rua dos Arariús e avenida Historiador Raimundo Girão) que foram parcialmente bloqueadas para dar mais segurança no trabalho de demolição.

O secretário Samuel Dias declarou que ainda não há um quantitativo de entulhos retirados a partir da demolição do prédio, mas reforçou que parte dos escombros serão reciclados.

“A montanha compactada agora vai ser escavada, carregada em caçambas e parte será levada até a usina de reciclagem. Já uma parte mais fina vai direto para aplicação em algumas obras, para o aterro de valas, por exemplo. Uma delas é a entrada do Álvaro Weyne, uma obra que a Prefeitura iniciou recentemente e estamos utilizando parte desse material para a regularização do terreno”, disse o gestor.

O secretário ainda informou que, após a conclusão de todos os trabalhos no local, será retomada a obra de pavimentação do trecho entre a avenida Beira Mar e a rua Arariús, que dá acesso à Praia de Iracema, interrompido para a execução da demolição.

Conforme comunicou a gestão municipal, o serviço de demolição do Edifício São Pedro, orçado em R$ 1,7 milhão, deve ser pago pelos proprietários do empreendimento. O atual proprietário, Francisco de Assis Philomeno Gomes Júnior, relatou que reuniões constantes são realizadas com a Prefeitura de Fortaleza para garantir o bom andamento das obras e que os custos decorrentes da demolição devem ser pagos após a conclusão.

“Nós estamos aguardando todo o processo de demolição e, após isso, vamos fazer uma prestação de contas para consolidar essa questão. Isso porque, apesar do valor de R$ 1,7 milhão, ocorreram alguns entraves, como paralisações”, explica.

Edifício São Pedro: o que será construído após demolição?

Philomeno Júnior declara ainda não saber o que será feito no terreno após a conclusão da demolição. “Não temos ainda nenhum plano definido para o que fazer no local. Para isso, precisamos primeiro finalizar as questões burocráticas envolvendo a demolição, tratativas contratuais, e, quando finalizado, iremos decidir o que será feito”, declarou.

Segundo o secretário de Infraestrutura, Samuel Dias, a expectativa da pPrefeitura é que o terreno seja transformado em algo que gere emprego e renda.

“Essa área da Praia de Iracema tem todo um direcionamento no Plano Diretor, inclusive com leis de incentivo fiscal para isso. É uma área incentivada para a construção, por exemplo, de hotéis, de empreendimentos de base tecnológica e de inovação. Mas, obviamente, trata-se de uma empresa privada e o destino do terreno deve ser decidido pelos donos”, concluiu.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar