Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Policiais rodoviários mortos na BR-116: veja o que se sabe até agora

Márcio Hélio Almeida de Souza e Raimundo Bonifacio do Nascimento Filho foram assassinados no bairro Cidade dos Funcionários, em Fortaleza

Dois agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que estavam orientando o trânsito na BR-116 após a pane de um caminhão, próximo ao km 5, foram mortos na manhã desta quarta-feira, 18. As investigações do caso estão sendo realizadas pela Polícia Federal. Até o início da tarde desta quarta, a identidade do autor do crime ainda não foi revelada, assim como as motivações do crime.

O homem responsável por causar a morte dos policiais rodoviários federais foi baleado e morto após a ação contra os agentes de segurança. De acordo com a nota emitida pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), um policial militar, que estava de folga e passava pelo local, atirou contra o suspeito.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Uma equipe da Polícia Militar do Ceará (PMCE) recuperou as armas dos agentes rodoviários que haviam sido subtraídas durante a ação criminosa.

Ainda nesta quarta-feira, 18, será realizado o velório dos policiais, que será fechado para amigos e familiares, na Superintendência da PRF no Ceará. Ainda não foi definido horário da cerimônia fúnebre e dos enterros, que ocorrerão nesta quinta-feira, 19.

Veja o que se sabe até o momento sobre a morte dos policiais rodoviários:

- Um caminhão teve uma pane próximo ao km 5 da BR-116, no sentido sertão-praia, no trecho próximo ao viaduto que liga a avenida Oliveira Paiva à avenida Deputado Paulino Rocha.

- Dois agentes da Polícia Rodoviária Estadual (PRF), Márcio Hélio Almeida de Sousa e Raimundo Bonifácio do Nascimento Filho, foram até o ponto em que o caminhão estava parado para auxiliar o tráfego de veículos na via.

- Durante o trabalho realizado pelos policiais, um homem caminhava entre os veículos e atrapalhava o fluxo do trânsito na via.

- Os dois agentes da PRF retiraram o homem da pista principal da BR-116.

- No momento em que os agentes estavam na alça do viaduto, o homem sacou a arma de um dos agentes e efetuou disparos contra os dois militares, que morreram no local.

- O homem que assassinou os policiais foi baleado por um PM na pista marginal da BR-116, próximo ao viaduto.

- Equipe da Polícia Militar do Ceará (PMCE) então recuperou as armas dos agentes rodoviários que haviam sido subtraídas durante a ação criminosa.

- Nascido em Baturité-CE, Márcio Hélio Almeida de Sousa tinha 15 anos de instituição. Com lotações no Ceará e em Roraima, Márcio era casado e tinha um filho.

- Raimundo Bonifácio do Nascimento Filho era de Viçosa-CE e integrava o quadro da PRF desde 2005. O policial já havia atuado no Maranhão, em Roraima e no Ceará. Raimundo também era casado e deixou duas filhas.


O que ainda não se sabe sobre a morte dos policiais rodoviários:

- Ainda não se sabe o nome do homem responsável por executar os dois policiais.

- Não foram divulgadas informações de quantos disparos foram realizados contra os agentes e nem o local do corpo onde os projéteis atingiram os policiais.

- O que teria motivado a ação do homem que disparou contra os policiais rodoviários.

- Não se sabe como o homem conseguiu retirar a arma dos agentes.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar