Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Prevenção a alagamentos: 17.224,74 toneladas de lixo e aguapés foram recolhidos em Fortaleza

O material recolhido corresponde somente aos meses de janeiro e fevereiro. Nesses dois meses, mais de 540 ocorrências relacionadas à quadra chuvosa foram atendidas na Capital
15:52 | Mar. 29, 2022
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Prefeitura de Fortaleza divulgou nesta terça-feira, 29, balanço das principais ações de prevenção contra os impactos da quadra chuvosa na Cidade, as quais foram realizadas nos primeiros meses de 2022. Em janeiro e fevereiro deste ano, já foram recolhidas 17.224,74 toneladas de lixo e aguapés de 74 lagoas em todos os bairros da cidade. Além disso, também foi realizada a desobstrução de 1.573 bocas de lobo. O balanço de março dessa operação ainda será fechado.

As intervenções tiveram como objetivo conter riscos de inundação e alagamentos, e os focos foram a limpeza de canais, lagoas e bocas de lobo. Mesmo com as ações efetivas de desobstrução de pontos críticos, a gestão municipal trabalha preventivamente em cerca de 60 pontos e mais de 300 logradouros, os quais são monitorados diariamente pela Defesa Civil de Fortaleza.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Entre janeiro e fevereiro de 2022, mais de 540 ocorrências já foram atendidas, em todas as regionais da Cidade. As principais causas dos atendimentos são riscos de desabamento e alagamentos. Em março, até esta terça, 29, 264 ocorrências foram atendidas pela Defesa Civil, destas 192 por riscos de desabamento e outras 22 por problemas com vias públicas alagadas.

Somente até às 9 horas da manhã de hoje, o órgão atendeu a 14 ocorrências de risco de desabamento e dez referentes a inundações. Os dois últimos dias registraram os maiores volumes de chuvas de Fortaleza em 2022, o que intensificou as operações.


Obras de saneamento


Para diminuir as ocorrências de alagamentos, a Prefeitura de Fortaleza informa que tem executado obras de ampliação da cobertura de drenagem e rede de esgoto nas comunidades mais vulneráveis. As ações fazem parte do Programa de Infraestrutura em Educação e Saneamento de Fortaleza (Proinfra).

No primeiro semestre deste ano o programa tem a expectativa de urbanizar 91 ruas nos bairros Curió, Canindezinho e Bom Jardim, a fim de garantir "serviços básicos como sistema de drenagem, esgotamento sanitário, pavimentação com piso intertravado e novas calçadas". A ideia é gerar mais acessibilidade e qualidade de vida aos moradores desses locais.

De acordo com a gestão municipal, as comunidades Unidos Venceremos, no Barroso, e Jardim Glória, na Cajazeiras, já passaram por essa transformação. As duas localidades foram as primeiras a serem beneficiadas pelo programa. Ao todo, foram urbanizadas 38 ruas da região, antigas áreas de alagamentos onde as vias não possuíam nenhuma condição de tráfego e salubridade.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar