Participamos do

Mulher é morta a tiros e pedradas ao voltar de academia em Fortaleza

Gutterlânia Gomes da Silva, de 30 anos, perdeu o controle do carro ao ser atingida pelos tiros. Ela ainda levou pedradas
16:47 | Out. 15, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Gutterlânia Gomes da Silva, de 30 anos, conduzia um automóvel ao voltar de uma academia, no Siqueira, em Fortaleza, quando foi morta a tiros e pedradas. A Polícia Civil investiga o caso, que foi registrado na noite da quinta-feira, 14.

A mulher foi atingida por tiros e perdeu o controle do carro, em seguida levou várias pedradas. Policiais militares do 17º Batalhão da Polícia Militar (BPM) estiveram no local resguardando o local do crime antes de o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) iniciar os primeiros levantamentos.

O companheiro de Gutterlânia responde a processos na Justiça e usava tornozeleira eletrônica. No entanto, no momento do crime, ela estava sozinha. A Polícia, ao chegar na residência do casal, o encontrou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags