Participamos do

Polícia divulga imagens de suspeitos de latrocínio; shopping cancela eventos

A população pode auxiliar o trabalho investigativo da Polícia Civil com informações sobre os dois homens. Canais de contato foram disponibilizados, com sigilo e anonimato garantidos
12:12 | Ago. 21, 2021
Autor Mateus Brisa
Foto do autor
Mateus Brisa Estagiário
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Polícia Civil do Ceará (PCCE) divulgou neste sábado, 21, imagens de dois homens suspeitos de matar uma funcionária de joalheria do Shopping Iguatemi durante latrocínio ocorrido na noite de ontem, sexta-feira, 20. Informações sobre os homens podem ajudar a Polícia nas investigações e podem ser disponibilizadas pela população.

Um dos suspeitos, visto entrando na loja e anunciando o assalto, é magro, alto, carregava uma sacola amarela e vestia calças jeans e blusa clara. O segundo tem estatura mediana, segurava um capacete e vestia calças e blusa pretas. Denúncias relacionadas aos suspeitos podem ser feitas por meio do telefone (85) 3257-4807, que é WhatsApp e recebe imagens e vídeos.

Outros meios de contato também foram disponibilizados, como o (85) 3101-1140 da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF); o número 181, Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS); e o (85) 3101-0181, que também é número de WhatsApp. Sigilo e anonimato são garantidos pela SSPDS.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Em nota, o Shopping Iguatemi afirmou ter cancelado os eventos culturais previstos para acontecer no estabelecimento durante o fim de semana. A empresa também declarou sua solidariedade para a família da vítima, Carol Rocha. O POVO entrou em contato com o marido de Carol, Matheus Damasceno, que preferiu não se pronunciar sobre o caso.

O crime

Dois homens armados entraram no estabelecimento e renderam as funcionárias da loja. Criminosos trocaram tiros com segurança do local e a vendedora foi baleada. Equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) realizam diligências nos arredores do shopping, localizado no bairro Edson Queiroz, na tentativa de localizar e prender o autor do crime.

Agentes da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), Polícia Civil e Polícia Militar permanecem no shopping por volta das 23 horas. As equipes investigam as circunstâncias do assassinato. O POVO contou pelo menos 11 viaturas na entrada principal do estabelecimento. Seguranças isolaram a área do crime e restringiram o acesso em alguns pontos do empreendimento.

Câmeras de monitoramento interno registraram o momento em que um dos assaltantes entrou na loja. No vídeo, ele segura a vítima pelo braço, age como se estivesse tentando utilizá-la como escudo humano, e ao mesmo tempo desfere tiros em linha reta. O alvo, possivelmente, era o segurança do estabelecimento, que aparece com uma arma de fogo em punho no fim da gravação. Antes disso, o criminoso arrasta a mulher até a porta, a derruba no chão e deixa o local. Na sequência, a vítima leva a mão ao lado direito do peito e tenta se levantar, com dificuldades. É possível ver gotas de sangue caindo no chão no momento em que ela consegue se erguer e sair da loja para pedir ajuda.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags