PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Três das vítimas da chacina do Vila do Mar são identificadas em processo

Mateus Evangelista dos Santos, Bruno Evangelista dos Santos e Rebeca Nicolle de Lima Silva foram mortos na madrugada desta terça-feira, 16. Uma quarta vítima continua desaparecida e duas foram hospitalizadas. Cinco pessoas foram presas pelo caso

15:25 | 17/02/2021
Até o momento, quatro corpos foram encontrados na região da Vila do Mar, em Fortaleza (Foto: Fábio Lima/O  Povo)
Até o momento, quatro corpos foram encontrados na região da Vila do Mar, em Fortaleza (Foto: Fábio Lima/O Povo)

Três vítimas da chacina ocorrida na madrugada da última terça-feira, 16, na região do Vila do Mar, na região oeste de Fortaleza, tiveram os nomes divulgados no processo do Tribunal de Justiça do Ceará. Mateus Evangelista dos Santos, Bruno Evangelista dos Santos e Rebeca Nicolle de Lima foram mortos na madrugada da terça-feira de Carnaval, após terem feito uma corrida com um motorista de aplicativo do bairro Papicu para um baile que ocorria nas proximidades do Vila do Mar. Uma quarta vítima continua desaparecida e teve buscas realizadas por cães farejadores. 

Outras duas pessoas foram socorridas por profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levadas para o Instituto Dr. José Frota, em Fortaleza. Elas chegaram a ser "arrastadas e  espancadas", confirme o documento judicial.

 Entre as razões apontadas para os crimes, segundo a Polícia, estaria o fato da presença dos jovens pertencentes a facções criminosas rivais na área dos homicídios. O POVO antecipou que a ultrapassagem de território por rivais estaria entre as possíveis motivações da chacina.

Cinco suspeitos de envolvimento na chacina da Vila do Mar foram detidos. Um deles foi identificado como Antônio Mariano Neto, 26, que tem passagens por tráfico de drogas, homicídio e porte ilegal de arma de fogo. Ainda na manhã da terça-feira, 16, Mariano foi preso e levado para o Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). Chegou a ser divulgado que ele usava tornozeleira eletrônica, informação depois corrigida pela delegada Patrícia Aragão, titular da 8ª Delegacia de Homicídios.

Outros quatro suspeitos foram identificados pela Polícia: Nailson Andrade dos Santos, 25, com passagem na Polícia por receptação; Ewerton Martins da Silva, 23; Isabelly de Souza Silva, 19; e Joicilane Nascimento Ferreira, 28, os três sem registros policiais anteriores. Os suspeitos foram autuados por homicídio e por integrar facção criminosa.