Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Privatização ou incorporação do BNB são "especulações sem fundamento", afirma presidente

No cargo interinamente, José Gomes da Costa disse que medidas que mirem o fim da instituição tornam o Nordeste mais vulnerável

O presidente interino do Banco do Nordeste, José Gomes da Costa, afirmou que as inúmeras menções à privatização ou incorporação do BNB por outros bancos públicos são "especulações sem fundamento." Em entrevista à rádio O OPOVO CBN, ele ressaltou que a instituição completa 70 anos de fundação em 2022 e disse que falas sobre o fim do BNB tornam o Nordeste mais vulnerável.

"O Banco é um legado da sociedade nordestina. Eu imagino que sejam especulações sem fundamento. Não se consegue imaginar a possibilidade do Nordeste, do Ceará, sem o Banco do Nordeste. O BNB incorporado a um outro banco nacional mexe com a nordestinidade", declarou em entrevista ao jornalista Jocélio Leal no O POVO no Rádio.

Da Costa ainda ressaltou a atuação da instituição para o desenvolvimento da Região, destacando que "o BNB é um banco rentável" e disse que essas associações "vulnerabilizam a sociedade nordestina."

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Microcrédito

Para fundamentar a fala, o presidente interino ainda destacou a atuação do BNB no microcrédito orientado - o maior da América Latina. Em balanço divulgado na semana passada, foram contabilizados R$ 12,674 bilhões em recursos aplicados no Crediamigo e mais de 4,2 milhões de operações

Esses números ajudaram o Banco do Nordeste a alcançar um lucro líquido de R$ 1,62 bilhão após registrar fluxo de R$ 41,8 bilhões em aplicações de crédito ao longo de 2021, o que representa um crescimento de 59% da margem de lucro entre 2021 e 2020, além de alta de 4,2% no montante investido no mesmo comparativo. Ao todo foram cinco milhões de operações bancárias ao longo de 2021.

"Crediamigo é o carro-chefe do banco. Além de contribuir com a rentabilidade, gera as camadas da base da economia empreendedora. Essas pessoas conseguem gerar mais emprego e mais renda", concluiu.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar