Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Centro de Distribuição da Amazon no Ceará já aparece no Google Maps

A Amazon ainda não fez o anúncio oficial ao público, mas divulga quatro vagas de emprego para o Centro de Distribuição em construção em Itaitinga
11:51 | Ago. 06, 2021
Autor - Beatriz Cavalcante
Foto do autor
- Beatriz Cavalcante Articulista quinzenal do O POVO
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

Apesar de não ter feito a confirmação oficial ao público, a gigante de tecnologia Amazon, além de já ter fixado a sua marca em estrutura na Rodovia do 4º Anel Viário, no Ceará, e ainda ter vagas de emprego divulgadas no site Amazon Jobs para Itaitinga, agora também possui localização fixada no Google Maps.

Pelo mapa, pode-se ver que a empresa fica na LOG Fortaleza 2, que já estava em obras e antes não possuía local de acesso. Agora, já consta com galpão logístico da Amazon. 

O condomínio industrial da LOG fica logo após à Cerbras e também de outro empreendimento da empresa, em que ficam o condomínio da Diageo e Centro de Distribuição da Casas Bahia (Via, ex-Via Varejo). Esta área é considerada Maracanaú.

Como o da Amazon fica um pouco mais à frente, já é considerado Itaitinga, mas, de toda forma, fica na Grande Fortaleza. Logo depois, por exemplo, pode-se ver a fábrica da cearense M. Dias Branco. 

Com 54 mil metros quadrados (m²) de Área Bruta Locável e módulos a partir de 1,4 mil m², o empreendimento onde fica a Amazon oferece alguns diferenciais como iluminação em LED e sprinklers J4, segundo consta no projeto da LOG Commercial Properties.

Mas enquanto a Amazon não faz o anúncio oficial, a empresa divulga quatro vagas de emprego para o Centro de Distribuição em construção em Itaitinga. Os postos são para engenheiro de suporte de TI II, parceiro de negócios de Recursos Humanos, analista financeiro e gerente local de EHS (Meio Ambiente, Saúde e Segurança). Veja detalhes no site Amazon Jobs.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Amazon está com 321 vagas abertas no Brasil

ECONOMIA
15:38 | Ago. 05, 2021
Autor Beatriz Cavalcante
Foto do autor
Beatriz Cavalcante Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

A gigante de tecnologia Amazon está com 321 vagas abertas no Brasil, sendo quatro para o Centro de Distribuição em construção em Itaitinga, no Anel Viário, Região Metropolitana de Fortaleza. Os postos são para engenheiro de suporte de TI II, parceiro de negócios de Recursos Humanos, analista financeiro e gerente local de EHS (Meio Ambiente, Saúde e Segurança). Veja detalhes no site Amazon Jobs.

Anunciado desde o dia 22 de julho, o cargo de analista financeiro passa por responsabilidades como fornecer relatórios dos resultados financeiros, compreensão do desempenho do Brasil e tendências métricas, entre outros.

Das habilidades pessoais, o foco é capacidade de atender prazos apertados e priorizar cargas de trabalho, atenção aos detalhes, viés para ação, incluindo a capacidade de conciliar múltiplas prioridades e cumprir prazos, excelentes habilidades de comunicação escrita e oral, além de um olho para a melhoria contínua do processo, incluindo a capacidade de inovar e simplificar tanto as finanças quanto as operacionais processos.

Já as qualificações preferenciais para a vaga passam por MBA ou Bacharelado em Contabilidade, Finanças, Negócios e ou disciplina semelhante. Também vão observar uso de Excel avançado e habilidades de modelagem de negócios; capacidade de traduzir grandes quantidades de dados em informações úteis e conclusões acionáveis; forte modelagem analítica e financeira, e habilidades de relatório; capacidade de gerenciar várias prioridades concorrentes simultaneamente e conduzir projetos à conclusão etc.

Para engenheiro de suporte de TI II, consta que foi uma vaga publicada no site da empresa com sede em Seatlle (EUA) no dia 19 de abril deste ano. No descritivo para a função está conhecimento técnico e habilidades especializadas para oferecer suporte, construir, implementar e melhorar soluções de tecnologia. Com isso, a ideia é gerenciar grandes projetos que afetam vários locais em uma região. 

Já as responsabilidades do cargo incluem, dentre outros itens, resolução de problemas difíceis de TI, planejamento e coordenação de CMs e modelos de CM, colaborar com equipes internas ou fornecedores para executar projetos, liderar esforços de melhoria contínua, participar na contratação, treinamento e desenvolvimento de terceiros, subir até 49 libras (cerca de 22 quilos), bem como ficar em pé e caminhar durante turnos de 12 horas, além de viajar até 25% do tempo.

A preferência das qualificações exigidas é ter bacharelado em Ciência da Computação ou área relacionada a TI, certificações Microsoft Certified Solutions Expert e Microsoft Certified IT Professional Systems Administrator, excelentes habilidades de comunicação escrita e verbal, habilidade para gerenciar projetos de alta prioridade, entre outros.

Dentre as vantagens, a Amazon oferece benefícios de saúde a partir do dia 1º e até 20 semanas de licença parental paga, dispensam uso de terno e gravata: "Venha como você está porque jeans, camisetas, tênis e às vezes um colete de segurança neon serão o seu traje diário", informa.

Na vaga de parceiro de negócios de RH, ofertada desde 23 de março deste ano, a descrição é de uma função estratégica e prática que fornece suporte completo de Recursos Humanos. Trabalha, portanto, com suporte ao cliente interno e impulsionando a excelência funcional de RH e a melhoria de processos.

Os candidatos aprovados devem demonstrar capacidade de compreender as metas de negócios e recomendar novas abordagens, políticas e procedimentos para efetuar melhorias contínuas nos objetivos de negócios, produtividade e desenvolvimento de RH dentro da empresa. Devem ter ainda capacidade de monitorar funcionários para garantir um alto nível de engajamento, experiência com ambiente de trabalho em mudança rápida e complexa, treinamento e mentoria em nível de gestão etc.

Dentre as qualificações específicas para o cargo estão grau avançado em pós-graduação, como MBA ou Mestrado em HRM, além de comprovar evidência de desempenho superior em funções anteriores.

Veja mais fotos da Amazon no Ceará

Por último, para gerente do local de EHS, posto publicado desde o dia 18 de março de 2021, o papel será na operação a entregar aos clientes. Ele vai colaborar com a equipe de operações do local para executar as políticas da empresa e garantir a conformidade com todos os regulamentos locais e regionais aplicáveis.

São utilizadas metodologias de princípios enxutos e kaizens, com melhoria contínua para reduzir o risco condicional e ergonômico nos processos para garantir um ambiente de trabalho seguro e saudável para os associados.

Em relação às responsabilidades gerais, o escolhido deverá ainda fornecer aconselhamento e orientação sobre questões ambientais, de saúde e segurança a todas as partes interessadas dentro da área designada de responsabilidade; informações gerenciais e estatísticas relacionadas à sua área de responsabilidade; apoiar a mudança nos negócios por meio de processos eficazes de gerenciamento de mudanças em um ambiente de ritmo acelerado, entre outros.

Para as qualificações específicas ao cargo estão os graduados em Engenharia, Meio Ambiente, Ergonomia ou área afim obrigatória; disponibilidade para viagens; Conhecimento dos Regulamentos e Normas Técnicas brasileiros; proficiente em Microsoft Office e no uso de tabelas dinâmicas e no desenvolvimento de tabelas e gráficos; excelentes habilidades de comunicação escrita e verbal; excelente análise de causa raiz, resolução de problemas, habilidades de treinamento e atenção aos detalhes; fluência em inglês e português; e poder trabalhar em turnos flexíveis incluindo dias, noites u fins de semana.

 

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Amazon é multada em 746 milhões de euros por não proteger dados

ECONOMIA
14:59 | Jul. 30, 2021
Autor AFP
Tipo Notícia

A gigante de tecnologia e do comércio online Amazon anunciou nesta sexta-feira, 30, que Luxemburgo impôs à empresa uma multa de 746 milhões de euros por descumprimento, no país, das normas da União Europeia (UE) sobre a privacidade dos usuários de Internet.

Na origem desta multa, está a associação de defesa das liberdades La Quadrature du Net, que apresentou cinco denúncias à Cnil (órgão francês encarregado de proteger os dados pessoais) contra a Amazon, Apple, Google, Facebook e Microsoft no final de maio de 2018, após a entrada em vigor da regulamentação RGPD.

A Amazon tem sua sede em Luxemburgo, por isso a Cnil levou o processo para lá. A empresa foi multada em meados de julho pela Comissão de Proteção de Dados de Luxemburgo (CNPD), mas a sanção foi anunciada nesta sexta-feira em um documento da bolsa de valores da Amazon.

A Comissão "afirma que o processamento de dados da Amazon não cumpre os regulamentos de proteção de dados da União Europeia", disse a empresa americana. Esta condenação é "infundada", reagiu o grupo em um comunicado, informando depois, em outra nota divulgada em separado, que pretende "recorrer" da decisão. "Não houve vazamento de dados, e os dados dos clientes não foram divulgados para terceiros", acrescenta o grupo.

A Amazon já havia sido condenada pela equivalente francesa da CNPD, a CNIL, no final de 2020, a pagar uma multa de 35 milhões de euros por descumprimento da legislação sobre os cookies, os marcadores publicitários.

Mais tarde, outro gigante americano, o Google, também foi multado em 100 milhões de euros.

Estas empresas são regularmente criticadas pela forma como usam os dados pessoais de seus usuários. Bruxelas tentou colocar ordem na jurisdição europeia, ao impor seu Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) em 2018. A norma se estabeleceu como uma referência mundial.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

UE multa Amazon em 746 milhões de euros por violações relacionadas à publicidade

ECONOMIA
11:39 | Jul. 30, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Comissão Nacional de Luxemburgo para Proteção de Dados, órgão regulador de privacidade da União Europeia (UE), multou a Amazon em 746 milhões de euros no dia 16 de julho, de acordo com uma nota enviada nesta sexta-feira, 30, pela empresa à Securities and Exchange Commission (SEC). A multa é acompanhada de uma exigência de revisão de práticas relacionadas à publicidade da Amazon que teriam infringido as regras de proteção de dados da UE. "Acreditamos que a decisão do CNPD carece de mérito e pretendemos nos defender com vigor nesta matéria", diz a Amazon no documento.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Mercado Livre e Americanas negociam Centro de Distribuição no Ceará e Amazon já se instala

e-commerce
11:46 | Jul. 24, 2021
Autor Ana Flávia Motta
Foto do autor
Ana Flávia Motta Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

Enquanto é aguardado o anúncio de inauguração do novo Centro de Distribuição da Amazon, o secretário do Desenvolvimento Econômico do Governo do Ceará, Maia Júnior, revela que já está negociando com outras empresas a instalação de novos centros.

"Um dos focos da secretaria são as atividades comerciais e fortalecer e criar emprego no atacado e varejo, para isso regulamentamos o e-commerce junto com a Sefaz e estamos buscando atrair centros de distribuição para o Ceará", explica. A Magazine Luiza, que já conta com um centro, terá espaço ainda maior, segundo o Secretário. Ainda está ocorrendo negociações com o Mercado Livre, Lojas Americanas e a empresa cearense Zenir.

A Amazon divulga vagas de emprego no Estado. A empresa tentou manter sigilo sobre a instalação do Centro de distribuição (CD) no Ceará, mesmo quando O POVO antecipou que houve seleção da equipe própria para atuar no Estado. Maia Júnior já havia também antecipado ao O POVO sobre as negociações para os centros da Magalu e Americanas.

A expectativa é que cada CD gere em média 500 empregos, considerando que sejam centros de distribuição regional e não apenas local. "A diferença desta secretaria atual para as anteriores é olhar para todas atividades econômicas: agronegócio, indústria, comércio e serviços. Um trabalho realizado e focado em gerar emprego e preparar a economia do ceara com inteligência, conhecimento, inovação, tecnologia atuais e pesquisa, priorizando as cadeias econômicas do programa ceara veloz 2.0", diz o secretário.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Fábrica da Troller é negociada com quatro interessados, diz secretário

Indústria automotiva
00:30 | Jul. 23, 2021
Autor Adriano Queiroz
Foto do autor
Adriano Queiroz Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A fábrica da Troller, no Ceará, já possui quatro compradores interessados, um deles em fase avançada de negociação com a Ford - detentora da unidade e da marca de automóveis 4x4 -, segundo revelou Maia Júnior, secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho no Ceará, em entrevista à jornalista Neila Fontenele, na rádio O POVO/CBN. “Nós estamos acompanhando de perto, porque temos interesse da manutenção da fábrica e na preservação dos empregos lá em Horizonte”, enfatizou.

LEIA TAMBÉM | Venda da Troller no Ceará ainda espera por decisão da Ford

+ Saiba detalhes da fábrica provisória para o buggy Fyber, no Ceará

"Um comprador está em fase avançada, já com memorando de compra e venda. A Aeris saiu do páreo, mas outros três compradores também estão interessados. Temos um comprador, que é um industrial do interior de São Paulo e quer, assim como nós um projeto mais largo. Ele pensa em veículos elétricos e em diversificação do portfólio da marca, para além dos carros estilo jipe", afirmou o secretário à jornalista Neila Fontenele.

Em 13 anos, a Ford fez melhorias no projeto do Troller. Hoje, o jipe custa a partir de R$ 170 mil e teve 1,3 mil unidades vendidas em 2020.

Ele ressaltou que ainda no campo automotivo, a Fyber deve iniciar produção de novos buggies em Paracuru, a partir de agosto. Já a fábrica da Troller fica no município de Horizonte.

"Com Troller e Fyber voltando a fabricar, o Estado contaria com duas montadoras", destacou.

Datacenter e CD da Amazon no Ceará devem ser anunciados em breve

Ainda durante sua participação no programa Guia Econômico, Maia Júnior falou sobre as negociações para instalação de um centro de distribuição e um centro de dados (Datacenter) da Amazon, em Itaitinga. "O anúncio será feito em breve, mas ainda não podemos antecipar as dimensões do projeto por questões de confidencialidade, mas vai vir o core business da empresa", resumiu o titular da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet-CE).

Ele lembrou que o processo de articulação para trazer a gigante norte-americana para o Ceará começou há três anos e que o contexto da pandemia dificulta a previsão de quando será concluído. "O governador deve ir em breve aos EUA tratar do assunto, mas precisa de uma autorização especial de entrada naquele país. Nós contamos com apoio diplomático para agilizar isso. É um arranjo institucional, vamos a convite da Amazon, mas, mesmo assim, há uma série de caminhos antes de se definir essa data", disse.

O secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Ceará, destacou também os recentes investimentos em infraestrutura e logística no Estado, no sentido de implantar os hubs do comércio exterior, das energias renováveis, do hidrogênio verde e do gás. Sobre o caso do hub do comércio exterior, ele detalhou como será a participação da empresa paulista Comexport.

“É uma das maiores trades brasileiras, com plataforma de apoio às empresas que quiserem importar ou exportar, de acordo com suas necessidades. Ela já atua em portos de São Paulo, Espírito Santo e Pernambuco. Em seu bojo, ela traz uma montagem de uma estrutura para importação de veículos que vai permitir ao Ceará nacionalizar essa operação para o Nordeste”, explicou.

Por fim, Maia Júnior defendeu que “não haverá melhoria de competitividade sem inserção internacional". "Estamos indo, então, em cima de um dos principais gargalos da economia do Estado do Ceará”.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags