PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Veja novo Centro de Distribuição da Amazon no Ceará

A empresa sempre manteve sigilo sobre a instalação do Centro de distribuição (CD) no Ceará, mas O POVO apurou que houve seleção da equipe própria para atuar no Estado, em abril de 2021

Beatriz Cavalcante
15:15 | 16/07/2021
Centro de Distribuição da Amazon no Ceará (Foto: JULIO CAESAR)
Centro de Distribuição da Amazon no Ceará (Foto: JULIO CAESAR)

A gigante de tecnologia Amazon já colocou sua logo em estrutura localizada no Anel Viário, em Maracanaú. A empresa sempre manteve sigilo sobre a instalação do Centro de distribuição (CD) no Ceará, mesmo quando O POVO apurou que houve seleção da equipe própria para atuar no Estado, em abril de 2021.

As vagas eram em cargos de gerência, com área de atuação em Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza e estavam disponíveis no site da companhia com sede em Seattle, nos Estados Unidos. As contratações, à época, reforçavam as especulações do lançamento de um Centro de Distribuição (CD) no Estado.

Oficialmente, a gigante do e-commerce ainda não confirmou a estrutura de um CD no Ceará, mas agora, além das contratações, a logo da Amazon já foi colocada no empreendimento localizado no Anel Viário. Procurada pelo O POVO, a companhia retornou que "não comenta sobre planos futuros".

Veja fotos

 

Clique na imagem para abrir a galeria

Por enquanto, em novembro do ano passado, foram lançados três novos centros logísticos da empresa no Brasil: em Betim (MG), Santa Maria (DF) e Nova Santa Rita (RS). Nos últimos três anos, a companhia passou de 1 para 8 centros logísticos no País.

Já em maio deste ano, a Amazon anunciou novo Centro de Distribuição (CD) no Brasil, em Cajamar, na Grande São Paulo. Segundo a empresa, serão 450 novos empregos diretos e a possibilidade de centenas de empregos indiretos a partir do programa global Fulfilment By Amazon (FBA - Logística da Amazon).

O novo complexo representa cerca de 57 mil metros quadrados (m²) de área, o que equivale a cinco campos de futebol.

Sobre o CD no estado, em fevereiro, o Governo do Ceará regulamentou um decreto que disciplina o comércio eletrônico (marketplace) no Estado. A medida abre caminho para que não apenas a Amazon, mas outros players do setor, como Magalu e Americanas.

Esta não é a única frente de investimentos da Amazon no Ceará. No dia 17 de novembro, a companhia assinou com o Governo um acordo para um Centro de Transformação Digital no Estado. O projeto prevê, inicialmente, que pelo menos mil cearenses sejam beneficiados com cursos de capacitação e competência em transformação digital, além de parceria com universidades estaduais. As primeiras turmas começaram a ser formadas no mês passado. Também está em negociação a atração de um Data Center próprio no Estado. 

 

Programa FBA

É um programa de logística que cria oportunidades para toda uma rede de parceiros de negócios que podem contar com a experiência da Amazon para armazenar e intermediar a entrega de seus produtos.

Além dos empregos diretos, os Centros de Atendimento também criam empregos indiretos por meio do programa FBA.

Os parceiros de negócios do FBA recebem o selo Prime em seus produtos, agilizando o envio para clientes em todo o País e, no caso de clientes Prime, com entregas gratuitas.

O FBA está à disposição dos parceiros de negócio localizados no estado de São Paulo que operam sob o regime do Simples Nacional.

O programa atende ao parceiro de negócios, que envia seus produtos para um centro de distribuição da Amazon. Ao se inscrever, a logística, empacotamento e entrega ao cliente final ficam sob os cuidados da Amazon e da transportadora parceira da Amazon.

No FBA, o serviço pós-venda também será fornecido pela Amazon, 24 horas por dia, sete dias por semana.

A Amazon ainda oferece o programa FBA Onsite, que também permite o selo Prime e opções de frete rápido e gratuito.

Nesta versão, o parceiro de negócios mantém os produtos em seu próprio armazém, manuseia e empacota os produtos, usando as ferramentas da Amazon para gerenciamento de estoque. A transportadora parceira da Amazon é responsável por recolher os produtos vendidos no armazém do parceiro de negócio e entregá-los em todo o Brasil. A logística de devolução também é feita pela transportadora parceira da Amazon.