PUBLICIDADE
Ceará
Noticia

Jacaretinga de um metro e meio é resgatado na região dos Inhamuns

O animal de 1,50 metro de comprimento estava saudável e foi devolvido ao seu habitat natural

16:01 | 25/07/2021
Jacaretinga foi resgatado entre Tauá e Independência, municípios localizados no Sertão dos Inhamuns. (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) )
Jacaretinga foi resgatado entre Tauá e Independência, municípios localizados no Sertão dos Inhamuns. (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) )

Um jacaretinga foi resgatado entre Tauá e Independência, municípios localizados no Sertão dos Inhamuns, no Ceará, nesse sábado, 24. O réptil carnívoro foi capturado pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado (CBMCE) e devolvido ao seu habitat natural. O animal estava saudável. 

Moradores encontraram o réptil e acionaram os bombeiros. O bicho estava preso em uma rede de pesca numa área limítrofe entres os municípios de Tauá e Independência. Para capturar o animal de 1,50 metro de comprimento foi usado um laço tipo cambão.

Clique na imagem para abrir a galeria

O jacaretinga foi recolhido para a região de mata fechada da localidade, próxima a uma fonte de água. Espécies de jacaretinga já foram resgatados no Ceará pelo Corpo de Bombeiros, em Caucaia, São Gonçalo do Amarante, Ipueiras, Crateús e agora em Independência.

Participaram da ação militares da 3ª Companhia do 3º Batalhão de Bombeiros Militares (3ª Cia/3º BBM), do Quartel de Tauá).

Jacaretinga

Conhecido também como jacaré-de-óculos, o jacaretinga é um réptil carnívoro (Caiman crocodilos), habita diferentes rios e lagos. No Brasil, recebeu o nome de jacaretinga por causa de seu dorso branco, pois "tinga" significa “branco”, em língua tupi.

Os machos chegam a medir entre 1,8 a 2,5 metros de comprimento, e as fêmeas, 1,4 metro. Eles se alimentam de diferentes espécies de animais como crustáceos, peixes, anfíbios, répteis, aves e pequenos mamíferos.

O que fazer ao encontrar um animal silvestre

Os animais silvestres são protegidos pela Lei nº 9.605/1998, a Lei dos Crimes Ambientais. O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará oferece as seguintes orientações para o caso de alguém se deparar com um animal silvestre:

1. Mantenha sempre distância do animal;

2. Não tente capturá-lo para não ferir ou machucá-lo;

3. Acione uma equipe do Corpo de Bombeiros para fazer o resgate, ligando o número 193. A ligação é gratuita e o serviço funciona 24 horas por dia, inclusive em fins de semana e feriados;

4. Aos condutores, quando visualizarem animais em vias de tráfego, sempre reduza a velocidade ou pare o veículo. Assim, poderá evitar acidentes e não machucar o animal, na maioria dos casos, levando-o à morte.