PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Jacaretinga é resgatado pelos Bombeiros em Crateús

O réptil carnívoro é também conhecido como jacaré-de-óculos

09:25 | 20/07/2021
O animal não tinha ferimentos aparentes, mas estava com dificuldades de se locomover  (Foto: Divulgação/ CBMCE)
O animal não tinha ferimentos aparentes, mas estava com dificuldades de se locomover (Foto: Divulgação/ CBMCE)

Um réptil conhecido como jacaretinga, também chamada de jacaré-de-óculos, foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE), no último sábado, 17, da CE-187, no distrito de Campo Velho, em Crateús. O réptil carnívoro foi encontrado na via após ter sido atropelado e estar com dificuldades em se locomover. 

Os bombeiros militares da 2ª Companhia do 3º Batalhão do CBMCE foram acionados para a ocorrência, na noite do último sábado. O réptil foi localizado e imobilizado. “Chegando ao local, verificamos que o jacaretinga teria sido atropelado, mas estava vivo, sem ferimentos aparentes, mas com dificuldade para se locomover”, relatou cabo Wilk, comandante do Corpo de Bombeiros.

LEIA MAIS| Bombeiros resgatam 13 banhistas de afogamentos na Praia do Futuro, em Fortaleza

O réptil media cerca de um metro e foi devolvido a uma região de mata fechada, próxima a uma fonte d’água, compatível com o habitat natural do animal. Segundo os bombeiros, ocorrências recentes apontam que essa espécie de réptil tem sido encontrada com bastante frequência nas cidades cearenses de Caucaia, Crateús e Trairi.

A espécie, no Brasil, recebeu o nome de jacaretinga por causa de seu dorso branco, já que tinga significa “branco”, em tupi. Os machos chegam a medir entre 1,8 a 2,5 metros de comprimento, e as fêmeas, 1,4 metro. Eles se alimentam de diferentes espécies de animais como crustáceos, peixes, anfíbios, répteis, aves e pequenos mamíferos.

LEIA MAIS: Idoso é encontrado em mata fechada no Ceará; Bombeiros registram 2º caso nesta semana

Os animais silvestres, como a jacaretinga, são protegidos pela Lei nº 9.605/1998, a Lei dos Crimes Ambientais. Por isso, o Corpo de Bombeiros dá orientações de como proceder em casos como esse:

- Primeiro, é preciso manter sempre distância do animal e não tentar capturá-lo para não ferir ou machucar o bicho;

- Em seguida, a indicação é acionar imediatamente uma equipe do Corpo de Bombeiros para fazer o resgate, ligando o número 193. A ligação é gratuita e o serviço funciona 24 horas por dia, inclusive em fins de semana e feriados.

- Já em caso de condutores de veículos, quando visualizarem animais em vias de tráfego, sempre reduzir a velocidade ou parar o veículo. Em casos de acidentes, na maioria dos casos, o animal é machucado gravemente e acaba morrendo.