PUBLICIDADE
Notícias
chuva

Açude Gameleira, em Itapipoca, sangra nessa quarta-feira; açudes sangrando chegam a 11

Outros três açudes estão com volume acima de 90%. São eles: Gangorra (Granja), Jenipapo (Meruoca) e São Vicente (Santana do Acaraú)

15:06 | 07/03/2019
OCARA, CE, BRASIL, 28.02.2019: Açude Batente sangra em Ocara.  (Fotos: Fábio Lima/O POVO)
OCARA, CE, BRASIL, 28.02.2019: Açude Batente sangra em Ocara. (Fotos: Fábio Lima/O POVO)

O açude Gameleira, localizado no município de Itapipoca, chegou à sua capacidade máxima, de 52,642 milhões de m³. Com ele, chegou a 11 o número de açudes sangrando no Ceará. As informações são do Portal Hidrológico do Ceará.

Contando com o Gameleira, os açudes que chegaram à capacidade máxima são: Acaraú Mirim (Massapê), São José I (Boa Viagem), Diamantino II (Marco), Itaúna (Granja), Tucunduba (Senador Sá), Batente (Ocara), Cocó (Fortaleza), Germinal (Palmácia), Maranguapinho (Maranguape) e Tijuquinha (Baturité).

Outros três açudes estão com volume acima de 90%. São eles: Gangorra (Granja), Jenipapo (Meruoca) e São Vicente (Santana do Acaraú).

OCARA, CE, BRASIL, 28.02.2019: Açude Batente sangra em Ocara.  (Fotos: Fábio Lima/O POVO)
OCARA, CE, BRASIL, 28.02.2019: Açude Batente sangra em Ocara. (Fotos: Fábio Lima/O POVO) (Foto: FABIO LIMA)

Embora os números de sangria estejam crescendo, 99 reservatórios ainda se encontram com volume abaixo de 30%. Desses, 31 estão com volume considerado morto. Outros 10 estão secos. Sâo eles: Faé (Quixelô), Madeiro (Pereiro), Sousa (Canindé), Serafim Dias (Mombaça), Potiretama (Potiretama), Carão (Tamboril), Adauto Bezerra (Pereiro), Nova Floresta (Jaguaribe), Salão (Canindé) e Favelas (Tauá).

Volume de chuva

O açude que recebeu o maior aporte no último dia foi o Cauhipe, na Caucaia. O volume total recebido foi de quase 1,8 milhão de metros cúbicos. Em seguida, Angicos (Coreaú) recebeu 1,4 milhão. Gameleira, o açude que sangrou, recebeu 1,2 milhão de metros cúbicos de água no último dia.

Na última semana, o açude que mais recebeu água foi o Taquara (Cariré), com 9 milhões de metros cúbicos. Araras (Varjota) recebeu pouco mais de 7 milhões; Tucunduba, que já havia sangrado, recebeu mais 7 milhões de metros cúbicos.

De acordo com o Atlas Eletrônico dos Recursos Hídricos do Ceará, há um total de 247 açudes no Estado. Desses, 11 estão sangrando, 31 têm volume morto e 10 estão secos. No total, 99 açudes estão com volume abaixo de 30%.

Redação O POVO Online