PUBLICIDADE
Notícias
RESERVATÓRIOS DO CEARÁ

Açude Cocó sangra pela segunda vez no ano; cinco barragens têm 100% do volume

A barragem já havia sangrado no dia 8 de fevereiro. Reservatórios São José I, Maranguapinho, Germinal e Tijuquinha também estão com 100% da capacidade

11:25 | 24/02/2019
O Açude Cocó, no bairro Conjunto Palmeiras, já tinha sangrado em 2019 (Gustavo Simão/ Especial para O POVO)
O Açude Cocó, no bairro Conjunto Palmeiras, já tinha sangrado em 2019 (Gustavo Simão/ Especial para O POVO)

O açude Cocó, em Fortaleza, sangrou pela segunda vez do ano neste domingo, 24. O reservatório já havia sangrado no dia 8 de fevereiro, sendo o segundo do Estado ultrapassar os limites durante a quadra chuvosa. Além dele, outras quatro barragens se encontram com 100% do volume: Maranguapinho (Maranguape), Tijuquinha (Baturité), Germinal (Palmácia) e São José I (Boa Viagem). O Maranguapinho sangrou nesse sábado, 23.

As informações são do Portal Hidrológico do Estado.

No sábado, 23, o açude Cocó estava com 99,97% do volume. A chuva de 120.3 mm em Fortaleza entre as 7 horas do sábado e o mesmo horário deste domingo ajudou para que o reservatório superasse a capacidade de 5,1 milhões de litros. Os 155 reservatórios do Estado estão com capacidade de 10,9%, com volume total de 2.027 hm³.

Os açudes São Vicente, em Santana do Acaraú, Jenipapo, em Meruoca, e Itaúja, na Granja, estão com capacidade acima de 90%, próximos a sangrar caso haja chuva. 103 açudes do Estado estão com abaixo de 30% do volume, incluindo alguns dos principais reservatórios, como o Orós, Castanhão e Banabuiú.

Redação O POVO Online