PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Defensoria entra com pedido na Justiça para que Ministério da Saúde volte a divulgar dados integrais sobre o coronavírus

Após ter ficado fora do ar durante a sexta-feira, 6, e parte do sábado, 7, o painel ganhou nova versão com informações menos detalhadas, principalmente em relação ao histórico da doença, sem indicar, por exemplo, o número total de mortes desde o começo da pandemia

Natália Coelho
12:26 | 07/06/2020
Os dados disponibilizados na nova versão do site não apresentam o histórico da doença. (Foto: Reprodução/Ministério da Saúde)
Os dados disponibilizados na nova versão do site não apresentam o histórico da doença. (Foto: Reprodução/Ministério da Saúde)

A Defensoria Pública da União (DPU) entrou com um pedido de liminar na Justiça Federal de São Paulo para que o Ministério da Saúde retorne a divulgar todos os dados sobre a Covid-19 no Painel Coronavírus. A informação é do site G1.

Após ter ficado fora do ar durante a sexta-feira, 6, e parte do sábado, 7, o painel ganhou nova versão com informações menos detalhadas, principalmente em relação ao histórico da doença, sem indicar, por exemplo, o número total de mortes desde o começo da pandemia. O site covid.saude.gov.br apresenta apenas atualizações de casos recuperados e casos da doença e óbitos “novos”.

Leia também | Ministério da Saúde vai recontar mortes pela Covid-19 no Brasil: "dados fantasiosos e inflados"

Segundo o site, o pedido foi feito para o plantão do judiciário, solicitando que as atualizações dos casos sejam feitas diariamente e de forma integral pelo ministério até as 19 horas de cada dia. Na ação, a DPU indica que é dever do Governo Federal "informar correta e adequadamente à população todos os atos adotados no combate à disseminação da doença".

O Ministério Público Federal também abriu um procedimento para apurar a omissão na divulgação de dados sobre o doença no País, cobrando esclarecimentos também sobre o atraso das informações.

Na sexta-feira, 5, os dados atrasaram. Em resposta, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que "acabou matéria no Jornal Nacional", que diariamente faz um resumo sobre novos casos da doença. Entretanto, o presidente não confirmou se a ordem do atraso dos dados - apresentados às 22h, apesar de prontos desde às 19 horas - havia sido dele.

Em resposta, a Rede Globo interrompeu sua programação durante a reprise da novela “Fina Estampa” com o Plantão da Globo, trazendo os novos dados pelo apresentador do Jornal Nacional, William Bonner, durante plantão da emissora.