PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Consumidores podem cancelar ou remarcar sem multa viagens para praias do Nordeste atingidas por óleo

A mancha de óleo já atingiu 156 localidades em 71 cidades de nove estados da Região Nordeste

22:52 | 11/10/2019
Resíduos de óleo foram encontrados em sete praias do Ceará
Resíduos de óleo foram encontrados em sete praias do Ceará (Foto: Prefeitura Municipal de Fortaleza (PMF) / Divulgação)

Os consumidores que compraram pacotes de viagens ou de hospedagem para as praias nordestinas atingidas pelo óleo de origem desconhecida que chegou ao País podem remarcar ou cancelar os serviços sem pagamento de multa. É o que orienta o Procon-SP.

Em nota, o departamento informa que é direito do consumidor realizar as ações e, caso, a empresa prestadora se recuse, é possível abrir uma queixa formal.

O Procon-SP recomenda que o contato com a empresa seja feito por escrito para que, havendo necessidade, o comprador tenha documentos para comprovar a tentativa de acordo entre as partes.

Ao todo, a mancha de óleo atingiu 156 localidades em 71 cidades de nove estados da Região Nordeste, segundo o mais recente laudo do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), publicado no fim da tarde desta sexta-feira, 11.

Listen to "#160 - Manchas de óleo são encontradas em todos os estados do Nordeste" on Spreaker.

No Ceará, as manchas já foram encontradas em ao menos sete praias, entre elas, a Praia da Malhada, a Taíba, a Barra da Sucatinga e o Pontal de Maceió. Os municípios de Fortim, Paraipaba e Jijoca de Jericoacoara aparecem no laudo como os mais afetados.

Até o momento, a única praia em processo de limpeza no Ceará, segundo o Ibama, é Sabiaguaba, em Fortaleza, em que, durante limpeza, foi encontrada uma tartaruga morta. As causas da morte ainda não foram confirmadas.