PUBLICIDADE
Olimpíadas
NOTÍCIA

Desembarque de Gabriel Medina no aeroporto de Tóquio vira meme

Internautas criam memes com suposta ida de Yasmin dentro das capas de pranchas do surfista Gabriel Medina; sua esposa teve o credenciamento negado para as Olimpíadas de Tóquio e não pôde viajar

00:22 | 20/07/2021
Gabriel Medina e Yasmin Brunet viram meme após veto da modelo para as Olimpíadas de Tóquio (Foto: Instagram/reprodução)
Gabriel Medina e Yasmin Brunet viram meme após veto da modelo para as Olimpíadas de Tóquio (Foto: Instagram/reprodução)

O vídeo do desembarque de Gabriel Medina, no aeroporto de Tóquio, viralizou e virou meme nesta segunda-feira, 19. O motivo da brincadeira na internet se deu após o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) impedir a modelo Yasmin Brunet, esposa do surfista, de o acompanhar na viagem. Essa informação foi o suficiente para as piadas surgirem sobre o assunto.

Ao verem o vídeo do surfista desembarcando no aeroporto, sem a esposa, e com malas enormes, os internautas começaram a questionar se Yasmin estava ou não dentro da mala. “Gabriel Medina chegou em Tóquio e, aparentemente, sem Yasmin. Vale dar uma fiscalizada nas malas para confirmar que ela não está escondida em nenhuma”, brincou um internauta no Twitter.

Nas redes sociais, Yasmin Brunet, comentou sobre a importância da sua presença. “O surfe é um esporte individual. Mas a razão para ele (Medina) querer me levar nós não podemos falar no momento. Daqui a pouco as pessoas vão saber. Mas, sério, para ele, (a minha presença) seria muito importante. Mas graças a Deus o Andy King está indo com ele e vai dar um suporte”, desabafou a modelo.

Medina também queixou-se da ausência da esposa. “Não vou 100%”, afirmou. Gabriel Medina, Ítalo Ferreira, Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima são os quatro atletas que irão representar o Brasil na estreia do surfe no programa olímpico. A competição será realizada na cidade de Chiba, a 62 km de Tóquio. 

Por que Yasmin Brunet teve o credenciamento vetado?

A Confederação Brasileira de Surfe (CBSurfe), juntamente com o COB, deixou a cargo de cada atleta a decisão de escolher duas pessoas para serem credenciadas e levadas aos Jogos Olímpicos.

Medina, portanto, indicou o técnico australiano Andy King e a esposa, Yasmin Brunet, mas devido às restrições causadas pela pandemia do Covid-19, a decisão teve que ser alterada, tornando-se possível levar apenas uma pessoa.

Ao ser informado sobre a situação, o surfista solicitou que a esposa fosse convocada no lugar de Andy King, porém o pedido foi negado pela COB. O comitê justificou a decisão e disse que “o credenciado tem que ser um profissional que tenha ligação com a modalidade”.

Veja memes do desembarque de Medina:

Informação: Gabriel Medina chegou em Tóquio e, aparentemente, sem Yasmin. Vale dar uma fiscalizada nas malas pra confirmar que ela não está escondida em nenhuma pic.twitter.com/rho1vmaWDz

Olimpíadas de Tóquio: últimas notícias