Participamos do

Vaias ou carinho? Ceni prevê misto de emoções em reencontro com torcida do Fortaleza

Um ano após saída do Leão, treinador do São Paulo voltará a ter contato com torcedores no Castelão e vê com naturalidade reações distintas da arquibancada na próxima quarta-feira, 10
11:15 | Nov. 09, 2021
Autor Afonso Ribeiro
Foto do autor
Afonso Ribeiro Repórter de Esportes
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O duelo entre Fortaleza e São Paulo, na próxima quarta-feira, 10, às 21h30min, pela 31ª rodada da Série A, marcará o reencontro entre Rogério Ceni e a torcida do Leão na Arena Castelão. Um ano após deixar o Pici rumo ao Rio de Janeiro para assumir o Flamengo-RJ, o treinador admitiu a pessoas próximas que espera vaias e também afago no primeiro contato como oponente dos torcedores que o idolatraram e emocionaram, apurou o Esportes O POVO.

Desde meados de outubro, quando reassumiu o comando da equipe do Morumbi, o celular do ex-goleiro voltou a receber volume maior de mensagens com DDD 85. Eram amigos, conhecidos e até admiradores desejando sorte na nova trajetória, em especial na reestreia, contra o Ceará. Nos últimos dias, as conversas giraram em torno também da volta de Ceni à capital cearense para o duelo contra o ex-clube.

Em contatos prévios, Rogério não escapou de questionamentos e brincadeiras sobre como será recepcionado ao adentrar no gramado do Castelão, desta vez como adversário e com torcida nas arquibancadas - o técnico comandou o Flamengo-RJ diante do Tricolor na Série A de 2020, mas ainda sem público no Gigante da Boa Vista.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Ainda com a memória viva do que presenciou no embate entre Fortaleza e São Paulo em 2019, em que a torcida do Leão ergueu um mosaico com sua imagem e o deixou de olhos marejados, Ceni prevê novo misto de emoções na quarta-feira, 10 - tanto da parte dele quanto da torcida.

Agora adversário, o técnico vê possíveis vaias com naturalidade, tanto pelo fator esportivo quanto pela saída precoce na temporada passada. No entanto, também crê em reconhecimento de uma parcela da torcida em forma de carinho - sem expectativa de aplausos.

A última vez em que Rogério Ceni esteve no Castelão com presença de público foi no dia 11 de março de 2020, na vitória por 3 a 0 do Fortaleza sobre o Pacajus, pelo Campeonato Cearense. Em outubro, após conquistar o título estadual, admitiu "medo" de se despedir do clube sem novo contato com os torcedores, o que ocorreu semanas depois.

Mesmo distante, seja no Rio de Janeiro ou em São Paulo, Ceni seguiu acompanhando o Fortaleza e mantinha contato com dirigentes e funcionários do clube com certa frequência por troca de mensagens. O treinador não poupa elogios ao trabalho do argentino Juan Pablo Vojvoda, que faz temporada histórica à frente do Tricolor do Pici.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags