Participamos do

Fortaleza divide reapresentação do elenco de olho no Athletico-PR; veja desfalques

Depois de goleada sofrida na Copa do Brasil, Tricolor volta atenção para o Campeonato Brasileiro e inicia preparação para receber Furacão. Tinga deverá ser baixa outra vez
10:35 | Out. 21, 2021
Autor Afonso Ribeiro
Foto do autor
Afonso Ribeiro Repórter de Esportes
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Após a derrota por 4 a 0 para o Atlético-MG, na última quarta-feira, 20, no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil, o Fortaleza dividiu o elenco em dois grupos para a reapresentação com foco no Athletico-PR, adversário pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Depois do revés no Mineirão, que dificulta a disputa por uma vaga na decisão do mata-mata nacional, o Tricolor volta as atenções para a Série A e almeja conquistar o terceiro triunfo consecutivo na competição diante do Furacão, que está de olho na semifinal da Copa do Brasil, contra o Flamengo-RJ.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Os jogadores que atuaram nas duas últimas partidas, contra Chapecoense-SC e Galo, ambas fora de casa, voltarão às atividades na próxima sexta-feira, 22. Já o restante do grupo já trabalha na tarde desta quinta, 21, no Centro de Excelência Alcides Santos.

Para o compromisso diante do Furacão, o técnico Juan Pablo Vojvoda não terá desfalques por suspensão e voltará a contar com o zagueiro Marcelo Benevenuto, o meia Lucas Lima e o atacante David, que ficaram fora do embate em Belo Horizonte.

Por outro lado, o zagueiro e lateral-direito Tinga sofreu lesão no músculo adutor da coxa esquerda, foi vetado pelo departamento médico da partida contra o Atlético-MG e deverá ser desfalque outra vez. O posto no lado direito da zaga deverá ser novamente ocupado por Daniel Guedes.

Na quarta posição do Brasileirão, com 45 pontos, o Leão encara o Furacão no próximo sábado, 23, às 19h15min, na Arena Castelão. Será o primeiro jogo com 50% da capacidade do estádio liberada desde o início da pandemia de Covid-19.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags