Participamos do

Presidente do Fortaleza defende volta do público aos estádios: "Chegou a hora"

Após reunião da CBF, Marcelo Paz se posiciona a favor da liberação da presença de torcedores nos jogos, destaca número de vacinados em Fortaleza e cita protocolo
16:01 | Set. 08, 2021
Autor Afonso Ribeiro
Foto do autor
Afonso Ribeiro Repórter de Esportes
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Após a reunião extraordinária do Conselho Técnico da Série A, nesta quarta-feira, 8, que descartou a volta imediata de público aos jogos, o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, manifestou-se nas redes sociais. O dirigente destacou o número de vacinados na capital cearense, citou o protocolo elaborado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e defendeu a liberação dos torcedores nos estádios.

No encontro virtual entre os clubes, realizado sem a presença do Flamengo-RJ, os outros 19 participantes do Brasileirão se posicionaram contra o retorno dos torcedores enquanto não houver autorização das autoridades de todos os Estados envolvidos. Uma nova reunião será realizada no próximo dia 28 para retomar a discussão.

"Ficou claro que todos os clubes querem voltar, porém por isonomia esportiva querem voltar juntos. 19 dos 20 clubes pensam assim. Cidades de times da série A já sinalizaram retorno: BH, Goiânia, Cuiabá, Curitiba, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Caxias do Sul, isso beneficiaria 10 times", disse Paz.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

No início de agosto, o Tricolor elaborou protocolo junto com Ceará e Federação Cearense de Futebol (FCF). O trio solicita liberação de público de 40% na Arena Castelão, seguindo os requisitos estabelecidos: imunização completa pela vacina (duas doses ou dose única, no caso da Janssen) ou teste PCR para Covid-19 em até 48 horas antes da partida. O Governo do Estado recebeu o documento, mas não deu retorno.

"Entendo que chegou a hora da abertura. Em nossa cidade temos mais de 800.000 pessoas com ciclo vacinal completo, diversas outras atividades já voltaram. O estádio pode comportar um público com distanciamento social, máscaras, higienização e pessoas vacinadas", falou o mandatário do Leão. "Acredito em Vacina, e desta forma entendo que pessoas vacinadas podem conviver por 2 ou 3 horas, 1 ou 2 vezes por semana em praças esportivas abertas", completou.


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags