Participamos do

Ceará e Fortaleza são os únicos clubes nordestinos na Série A de 2022

A dupla cearense também serão os representes da região em torneios internacionais, com o Vovô na Copa Sul-Americana e o Tricolor do Pici na Libertadores
09:00 | Dez. 10, 2021
Autor Mateus Moura
Foto do autor
Mateus Moura Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Com o rebaixamento de Bahia e Sport para a segunda divisão, Ceará e Fortaleza se tornam os únicos representantes nordestinos na elite do Brasileirão, fato que demonstra a ascensão do futebol cearense na região e também no cenário nacional.

O Tricolor do Pici finalizou a participação no campeonato com o triunfo por 2 a 1 sobre o Bahia — placar que rebaixou o Esquadrão —, consolidando uma campanha histórica: 4º colocação com 58 pontos, a melhor de um nordestino na história da Série A, e classificação inédita para a Copa Libertadores de 2022.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O Vovô encerrou a competição com derrota para o Palmeiras, por 1 a 0, fora de casa, resultado que deixou a equipe na 11ª colocação, com 50 pontos, garantindo, pelo segundo ano consecutivo, o clube alvinegro na Copa Sul-Americana.

Já os rebaixados Bahia e Sport irão se juntar a outros quatro nordestinos na Série B de 2022: Náutico, Sampaio Corrêa, CSA e CRB. A Segundona ainda terá clubes tradicionais do futebol brasileiro como Grêmio, Cruzeiro e Vasco.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags